Boeing relata receita menor no segundo trimestre de US$ 16,7 bilhões

A Boeing recebeu pedidos de 13 cargueiros no Q22022, incluindo sete cargueiros 777-8 do Lufthansa Group

Boeing
(Foto: Divulgação/Boeing)

A Boeing Company, listada na NYSE, relatou um declínio de 2% na receita do segundo trimestre, para US$ 16,7 bilhões, impulsionado pelo menor volume de defesa e desempenho desfavorável, mas compensado pelo maior volume comercial.

O lucro por ação foi de US$ 0,32 e o principal prejuízo por ação (não GAAP) foi de US$ 0,37, de acordo com um anúncio oficial.

“Fizemos progressos em programas importantes no segundo trimestre e estamos ganhando impulso em nossa recuperação”, disse Dave Calhoun, presidente e CEO da Boeing. “À medida que começamos a atingir os principais marcos, conseguimos gerar um fluxo de caixa operacional positivo neste trimestre e permanecer no caminho certo para alcançar um fluxo de caixa livre positivo para 2022. Enquanto estamos fazendo um progresso significativo, temos mais trabalho pela frente. Continuaremos focados em segurança, qualidade e transparência, à medida que impulsionamos a estabilidade, melhoramos o desempenho e continuamos a investir em nosso futuro.”


Leia também: Delta adiciona mais Boeing 737 Max à sua frota

Deixe uma resposta