Boletim do FOHB revela crescimento médio de 1% nas taxas de ocupação em maio

0
Patrick Mendes, vice-presidente do FOHB e CEO da AccorHotels para a América do Sul assina a introdução do informativo

O Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil (FOHB) divulgou na noite de ontem (2), o compilado de resultados da hotelaria brasileira em maio. A síntese e a análise dos indicadores de desempenho foram obtidas por meio dos dados fornecidos pelos empreendimentos das redes associadas.

A análise contou com amostra de 448 hotéis de redes associadas, responsáveis pela oferta de 74.021 unidades habitacionais (UHs). Os resultados consolidados para o mês de maio registraram acréscimos nos três indicadores, sendo: 0,9% na taxa de ocupação; 0,9% na diária média; e 1,8% no RevPAR.

Na performance por região, a taxa de ocupação revelou incrementos nas regiões Sul (0,3%), Sudeste (0,6%), Nordeste (0,6%) e Norte (32,5%), mas queda no Centro-Oeste (-5,8%). Na análise da diária média, houve aumentos nas regiões Sudeste (1,1%), Sul (1,2%) e Nordeste (5,6%), enquanto que as regiões Centro-Oeste e Norte registraram
decréscimos: -1,5% e -2,9%, respectivamente.

Por fim, o RevPAR revelou queda apenas no Centro Oeste (-7,3%). Já as outras regiões apresentaram os seguintes resultados positivos: 1,5% no Sul; 1,7% no Sudeste; 6,2% no Nordeste; e 28,7% no Norte.

Midscale e upscale crescem

Quanto ao desempenho por categoria hoteleira, a taxa de ocupação registrou resultados positivos no Midscale (1,9%) e no Upscale (3,3%), mas apresentou leve variação negativa no Econômico (-0,6%). A diária média demonstrou acréscimos nas três categorias: 1,7% no Econômico; 0,3% no Midscale; e 0,3% no Upscale.

Referente ao RevPAR, também houve incrementos nos três segmentos: 1% no Econômico; 2,2% no Midscale; e 3,6% no Upscale.

O estudo completo pode ser conferido no nosso site do FOHB.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here