Bombinhas (SC) deve receber cerca de 1,5 milhão de visitantes

0
Queda no número de turistas argentinos deve ser amenizada por franca recuperação do mercado nacional e novas operações aéreas partindo de destinos como o Chile

A Casa do Turista, maior rede de agência receptiva de Santa Catarina, se prepara para atender boa parte dos mais de 1,5 milhão de turistas que devem visitar Bombinhas, no litoral do Estado, a partir deste mês com o início da alta temporada de verão. A época mais importante do ano para o turismo local começa em dezembro e vai até a Páscoa, período em que a empresa chega a transportar mais de 1 mil pessoas por dia entre as diversas atrações da região.

Famosa por sua natureza exuberante e praias paradisíacas que atendem aos mais diferentes perfis, Bombinhas está localizada em região estratégica do Estado que é um dos destinos preferidos dos brasileiros no verão. A cidade fica a poucos quilômetros da badalada Balneário Camboriú e também de Penha, cidade do Beto Carrero World. Em 2017, a Casa do Turista levou mais de 38 mil turistas ao parque e entre maio de 2018 e 2019 deve chegar a 45 mil.

Em Bombinhas, a empresa é criadora e operadora de alguns dos principais programas turísticos como o Aqua Aventura. O programa de mergulho com snorkeling na praia da Sepultura é comparado apenas a Fernando de Noronha (PE) e foi desenvolvido para receber pessoas de todas as idades, de crianças a idosos, com ou sem experiência na água. Na temporada deste ano, a expectativa é de que mais de 1 mil pessoas experimentem a atração.

Responsável pelo atendimento de 90% das escalas de navios de cruzeiros no Sul do país, a Casa do Turista mobiliza equipe de mais de 85 pessoas durante o verão.

Crise argentina e novos mercados

Mesmo com a crise na vizinha argentina e uma possível queda no fluxo de turistas vindos de lá, Antonio Lopes, diretor da Casa do Turista, acredita que a temporada será positiva em razão da melhora do turismo interno.“Algumas operadoras da argentina chegam a falar em queda de até 40% nas vendas, mas esse impacto deve ser pouco sentido por nós porque já percebemos uma nítida recuperação do mercado nacional”, afirma o executivo. No mês de novembro, as vendas nacionais da Casa do Turista registraram aumento de 26% em comparação ao mesmo período de 2017.

Lopes destaca ainda a importância de buscar novos mercados como, por exemplo, o Chile que passou a ter rota direta entre Santiago e Florianópolis com a cia aérea Sky Airline, desde o início de novembro. “Esperamos que outras empresas aéreas low cost comecem a operar também da Europa para cá. É importante que essa articulação seja feita por representantes de empresas privadas e de órgão estaduais de turismo para estabelecer e viabilizar comercialmente essas novas rotas” finaliza o executivo.

. A época mais importante do ano para o turismo local começa em dezembro e vai até a Páscoa, período em que a empresa chega a transportar mais de 1 mil pessoas por dia entre as diversas atrações da região.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here