Booking investe 2,6 milhões de euros em acomodações sustentáveis

87% dos viajantes globais acham importante considerar propriedades sustentáveis em suas viagens, segundo pesquisa da Booking
Rob Ransom, vice-presidente de Estratégia e Desenvolvimento Corporativo da Booking.com.
Rob Ransom, vice-presidente de Estratégia e Desenvolvimento Corporativo da Booking.com. Foto: reprodução

 

Nesta quarta-feira (12), o Booking.com anunciou o subsídio de 2,6 milhões de euros para o desenvolvimento de soluções sustentáveis em acomodações. O programa Booking Booster 2020 está com inscrições abertas no site. O projeto final será apresentado em setembro.

“Estamos muito animados para, com o programa Booking Booster 2020, apoiar soluções inovadoras que ajudem nossos parceiros de acomodação a adotar práticas mais sustentáveis. Não é algo que só os clientes buscam. Os parceiros também querem isso”, disse Rob Ransom, vice-presidente de Estratégia e Desenvolvimento Corporativo da Booking.com.

A iniciativa reunirá start-ups, empresas sociais, organizações sem fins lucrativos e acomodações de todos os tipos. Segundo pesquisa do Booking 82% dos parceiros de acomodação querem colaborar com a sustentabilidade.

“Ao unirmos produtos e serviços desenvolvidos por start-ups e organizações de todo o mundo com casos e estudos práticos de propriedades pioneiras na sustentabilidade, podemos acelerar nosso esforço coletivo para tornar todas as estadias sustentáveis”, declara Ransom.

Serão realizados dois encontros complementares com mentores da Booking, um em maio e o outro em setembro para oferecer workshop aos participantes. As consultorias continuarão disponíveis após a seleção e entrega do subsídio.


Leia mais:

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui