Brasil investe no mercado chileno

Por: Camila Oliveira

 

Com o objetivo de encantar e despertar a atenção do turista chileno para novos destinos no Brasil, a Secretaria de Turismo de Alagoas, com o apoio da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), convidou 12 agentes de viagem do Chile para conhecerem as belezas naturais e os sabores alagoanos. Os profissionais, que desembarcam no País no dia 6 deste mês, terão a oportunidade de apreciar os pontos turísticos de Maceió.

 

A programação da caravana chilena envolve visitas técnicas a hotéis, encontro de negócios e passeios a Maragogi, Praia do Francês, Barra de São Miguel, Praia do Gunga e Jequiá da Praia. Os convidados também poderão apreciar as manifestações culturais de Alagoas, como o tradicional artesanato das rendeiras.

 

Para o diretor de Mercados Internacionais da Embratur, Marcelo Pedroso,  o evento é uma excelente oportunidade de mostrar aos agentes de viagem o que o Estado tem de melhor. “Segundo dados do Ministério do Turismo, em 2011, 217 mil chilenos visitaram o Brasil, 8,5% a mais que no ano anterior, tornando o país o sexto maior mercado emissor de turistas internacionais para o Brasil. As trocas comerciais entre os dois países nunca estiveram tão intensas e a vinda dos profissionais só tem a somar, pois estreitaremos o relacionamento e daremos maior visibilidade aos novos destinos nacionais”, explica Pedroso.

 

A vinda dos agentes é parte de uma ação da Embratur de promoção do Brasil em mercados prioritários. A próxima caravana trará, de 18 a 23 deste mês, agentes uruguaios ao País. Portugueses e argentinos já participaram da iniciativa.

 

Mercado chileno

 

De acordo com o estudo Demanda Turística Internacional, realizada pelo Ministério do Turismo em 2010, a principal motivação dos chilenos que visitaram o Brasil foi o Lazer (56,3%). 71,1% desses buscaram Sol e Praia.

 

As cidades mais procuradas foram o Rio de Janeiro (RJ), Armação dos Búzios (RJ), Florianópolis (SC), São Paulo (SP), Balneário Camboriú (SC), Foz do Iguaçu (PR), Salvador (BA), Angra dos Reis (RJ), Curitiba (PR), Brasília (DF), e Belo Horizonte (MG).

 

CO

Deixe uma resposta