Braztoa oferece ‘teste’ de benefícios para não associados

Por 60 dias, operadoras não vinculadas à Braztoa podem conhecer o auxílio promovido na associação e buscar caminhos em meio à pandemia

Braztoa

A Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa) decide criar um programa de experimentação para empresas não associadas. O objetivo é estas conheçam os benefícios da entidade e, de modo geral, gerar união no mercado. A iniciativa é válida por 60 dias e não terá custos à operadora.

A iniciativa possibilita, na prática, que operadoras não vinculadas à Braztoa conheçam a atuação da entidade, tenham acesso a conteúdo, grupos de discussão exclusivos para membros e construam relacionamentos.

“A pandemia trouxe desafios, mas nosso trabalho sempre esteve focado nas oportunidades trazidas por eles. Reforçamos nossa crença do quanto somos interdependentes e como o trabalho conjunto nos fortalece. Mais do que nunca, as parcerias são essenciais para a evolução da sociedade e dos negócios”, afirma Roberto Haro Nedelciu, presidente da Braztoa.

O convite foi feito para um grupo inicial de operadoras – não divulgadas pela entidade, visto que o aceite é opcional. Entre os critérios para receber o convite, a Braztoa manteve o período mínimo de três anos de atuação comprovada com operação própria de viagens.

Deixe uma resposta