Brotas (SP) registra crescimento turístico de 13,8% em 2018

A Prefeitura de Brotas também arrecadou 12% mais com o ISSQN Turístico

1
Uma das atividades turísticas que mais movimenta a cidade são as trilhas

A cidade de Brotas (SP) viu o seu turismo crescer duas vezes mais que a média mundial em 2018. Ao todo, nas atividades turísticas, o município cresceu 13,8% em relação ao ano anterior.

A quantificação, aliás, foi feita graças ao voucher usado pelo turista, com as funções de controlar o número de visitantes e evitar a sonegação de impostos. No total, em 2018, foram utilizados 227.060 vouchers contra 199.466 em 2017.

Como incide imposto sobre toda a atividade turística, assim, a Prefeitura de Brotas também arrecadou 12% mais com o ISSQN Turístico. Foi R$ 1.039 milhão em 2018 contra R$ 928 mil em 2017.

LEIA MAIS:
+ Balonismo é a nova atração de aventura em Brotas (SP)
+ Brotas (SP) investe em turismo para melhor idade
+ Brotas (SP) cria turismo de aventura especialmente para pets

Ademais, no mundo, segundo Organização Mundial do Turismo (OMT), o turismo cresceu 6% no ano passado em comparação com 2017. Ainda não foram divulgados dados específicos do turismo no Brasil, mas na América do Sul, aumentou 3,2% no período.

Crescimento contínuo

Este é o segundo ano consecutivo que o turismo de Brotas tem desempenho positivo significativo. De 2016 para 2017, a atividade turística em Brotas cresceu 15%. O secretário de Turismo, Fabio Pontes, comemora os números.

“O crescimento representa mais empregos, maior renda e mais dinheiro nos cofres públicos. Aliás, que é usado para melhorar e ampliar a infraestrutura para o turismo. E, também, para custear educação e saúde dos brotenses”, enumera.

Vale destacar que o setor já está à frente do agronegócio. O turismo responde por cerca de 25% dos empregos diretos no município, com carteira assinada, além dos temporários e indiretos.

“Em meses de alta temporada, como dezembro, o turismo emprega um número muito maior de pessoas, de forma temporária e indireta. Neste último mês de dezembro, que foi excelente, meios de hospedagem, ecoparques, operadoras de turismo de aventura e atrativos turísticos praticamente dobraram o número de colaboradores para atender a demanda. Entre o Natal e o fim de janeiro, a ocupação hoteleira ficou na casa dos 95%, o que é um índice excelente”, conta.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here