BWT Operadora revisa contrato com fornecedores e adia roteiros

BWT
Adonai Arruda Filho, diretor da BWT Operadora

A BWT Operadora vem implementando algumas mudanças devido à crise da Covid-19. Dentre as iniciativas, está a decisão de implementar o conceito home office. Além disso, a operadora está realizando a revisão de contratados com fornecedores e suspensão ou adiamento de roteiros.

“Entendemos que o mundo todo passa por um período delicado em que liberdades foram suspensas e para o nosso setor ela é fundamental. Infelizmente, é um mal necessário e cabe a nós a adaptação e a criatividade para lidar com a crise”, explica Adonai Arruda Filho, diretor da BWT Operadora.

Segundo Gabriel Cordeiro, gerente geral da BWT Operadora, o maior desafio do home office é manter o contato próximo com os agentes de viagens e com as próprias agências. “Nossos canais eletrônicos estão à disposição e estamos incentivando a troca de informação constantes”, complementa.

A operadora aplicou, ainda, reduções de até 25% nos contratos com prestadores de serviços e deve adequar jornadas de trabalho de todos os departamentos da empresa, indo desde o operacional à diretoria. Arruda Filho afirma que esta é uma forma de cumprir os deveres da empresa e garantir a saúde financeira da mesma.

Recentemente, a BWT Operadora alterou a programação da sua convenção anual de vendas, que estava marcada para o final de março e foi transferida para setembro. O planejamento dos pacotes também apresenta mudanças. “Suspendemos as divulgações desse primeiro semestre e estamos avaliando de forma criteriosa o que será comercializado a partir de julho”, comenta o diretor.


Deixe uma resposta