Campanha O Sul é Meu Destino foi lançada em Santa Catarina

Eduardo Zorzanello (Festuris), Rogerio Siqueira (Beto Carrero)  Any Brocker Boeira (Brocker Turismo) e Alain Baldacci (Sindepat)

Ocorreu nesta sexta-feira, dia 25 de agosto, o lançamento da campanha promocional “O Sul é meu Destino”, que pretende atrair mais turistas para a região Sul do Brasil. A ação é idealizada em uma parceria da iniciativa privada (Beto Carrero), através de seu CEO Rogério Siqueira, junto com as esferas estaduais e municipais do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, empresários e entidades ligadas ao turismo e esferas federais.

Autoridades como o ministro do Turismo, Marx Beltrão, presidente da Embratur, Vinicius Lummertz, e empresários do setor turístico como o CEO do FESTURIS Gramado – Feira Internacional de Turismo, Eduardo Zorzanello, prestigiaram o lançamento que foi realizado durante a 6ª edição do Meeting Beto Carrero.

Foram apresentadas as peças publicitárias que serão veiculadas em TV’s e pela internet, em que os estados da região Sul convidam os turistas das outras regiões do Brasil, bem como os estrangeiros (em especial os dos países do Mercosul), a visitar os três estados. O Ministério do Turismo vai investir R$ 5 milhões na campanha, e a Embratur deverá aplicar o mesmo valor. Além disso, serão feitos vídeos de curta duração para serem exibidos como programas especiais em rede de tevê nacional e internacional.

“O projeto tem por objetivo unificar a região Sul do Brasil como produto único, ampliando assim o fluxo de turistas domésticos e estrangeiros. O encontro de hoje serviu para debater a relevância do Turismo para alavancar e desenvolver uma região, os destinos e gerar emprego e renda”, destacou o CEO do FESTURIS Gramado, Eduardo Zorzanello. “Queremos como foco principal integrar a região Sul como produto formatado, trazendo junto os principais destinos emissores da região para comercialização nacional e na América Latina”, fala Rogério Siqueira, CEO Beto Carrero.

“Atualmente, cerca de 6,6 milhões de turistas estrangeiros visitam o Brasil. Quase um terço deles se dirige aos três estados do Sul, até porque estão muito próximos de países vizinhos, como a Argentina, de onde vem a maioria dos turistas. A iniciativa privada e os entes públicos dos estados se reuniram e resolveram fazer uma divulgação integrada. Estamos apoiando, como vamos apoiar as iniciativas das demais regiões. O Brasil tem muitas opções, é muito rico em ofertas de destinos turísticos. Essa integração regional vai ser boa para todos”, comentou o presidente da Embratur, Vinicius Lummertz.

Deixe uma resposta