Capacidade de unir elos

Marcio Favilla, Marcio Nascimento, Roberto Lucena, Lawrence Renisch, Magda Nassar e Gilson Lira

Executivos reforçam a importância das parcerias durante abertura da WTM-LA

“A realização da WTM Latin America começou como um sonho. Sonho de promover a América Latina para o mundo e de trazer o mundo para a América Latina”, afirmou Lawrence Reinisch durante a cerimônia de abertura da quarta edição da feira que aconteceu há pouco no Expo Center Norte, em São Paulo (SP). O diretor da WTM-LA agradeceu a presença de representantes dos 27 estados brasileiros, da grande maioria dos países latino americanos e de delegações de outras cerca de 60 nações mundiais, incluindo grupos de compradores da Rússia e da China.

Novamente, a feira dedicou a área central para sediar os associados à Braztoa e seu 45º encontro comercial que acontece paralelamente à programação da WTM. “É uma parceria que deu certo entre uma entidade representativa com uma das maiores feiras de turismo do mundo”, declarou Magda Nassar, presidente da Braztoa. Segundo ela, as operadoras associadas transportaram mais de 6 milhões de passageiros em 2015, com impacto de R$ 11 bilhões na economia.

Reinisch e Magda enfatizaram o potencial agregador do segmento, tanto para os negócios quanto para a paz. “Somos capazes de unir elos. De unir os iguais, de criarmos grandes grupos, parcerias sólidas e duradouras. O Brasil não é o país do futuro. Estamos construindo um País melhor agora”, defendeu a presidente da Braztoa. “O turismo cria pontes, facilidades e entendimento entre as nações. Conecta pessoas e países, transforma deslocamento em aproximação. Vamos procurar obter conciliação pelo turismo”, declarou Reinisch.

Marcio Favilla, diretor-executivo da Organização Mundial do Turismo (OMT) reforçou a importância desses encontros para fazer uma análise do segmento. “É uma oportunidade para ver os desafios, identificar as oportunidades e continuar confiando em nosso setor, em nossa capacidade como profissionais e no que podemos realizar em cooperação”, disse.

O executivo compartilhou dados otimistas de 2015, o sexto ano consecutivo de crescimento no turismo mundial. Foram registradas 1,18 bilhão de chegadas internacionais, 50 milhões a mais que no ano anterior, que resultaram em um aumento global de 4,4%. A América do Sul ultrapassou a média mundial, chegando a 4,7% de incremento.

Também subiram ao palco durante a solenidade Gilson Lira, presidente em exercício da Embratur, Marcio Nascimento, diretor de marketing do Ministério do Turismo e Roberto de Lucena, secretário de Turismo do Estado de São Paulo.

 

Camila Lucchesi

Deixe uma resposta