Casai treina estudantes para a “nova geração da hotelaria”

A Casai iniciou o programa Host.ing para treinamento de estudantes de hotelaria, na esperança de formar a "nova geração da indústria"

Host.ing do Casai
Host.ing do Casai na Universidade Anhembi Morumbi. (Foto - Divulgação)

A startup de hospedagem inteligente Casai anunciou recentemente o seu programa de treinamento para estudantes de turismo e hotelaria, Host.ing, com o objetivo de “investir na nova geração do setor”. Com a iniciativa, a empresa espera preparar profissionais para uma nova era de hospitalidade baseada em tecnologia e pautada nos novos hábitos de viagem e lazer que emergiram nos últimos anos.

O treinamento de profissionais, cujas inscrições ocorreram durante todo o mês de março, terá início no dia 12 de abril com duração de três meses e a possibilidade de uma vaga efetiva após este período. Três jovens foram selecionados para participar do processo de operações da startup e vivenciar na prática o dia a dia da indústria.

“Nas primeiras semanas, os jovens talentos serão treinados para conhecer tudo sobre a empresa, depois passarão por uma imersão dentro de nossa equipe de operações, onde cada um será alocado em Hubs e, com o auxílio de mentores, poderão vivenciar nossas operações de hospitalidade”, explica Danyelle Sosa, gerente de Pessoas e Cultura.

Estudantes selecionados receberão um salário compatível com o mercado para estagiários e trainees, além de auxílio refeição, vale transporte e seguro de vida. Entre as universidades que participaram do processo seletivo estão a FAM, nas unidades da Augusta e da Mooca, e na Universidade Anhembi Morumbi, no campus da Vila Olímpia e Mooca.

Host.ing do Casai
Host.ing do Casai na Universidade Anhembi Morumbi. (Foto – Divulgação)

Sobre o Host.ing

“A indústria de hospitalidade vem se transformando e percebemos que essa mudança não é acompanhada pela evolução na formação dos profissionais. Por isso, parte da nossa missão é capacitar jovens desde a base para oferecer uma experiência hospitaleira 4.0, que une tecnologia para promover acomodações flexíveis, sem perder o requinte hoteleiro” afirma Luiz Mazetto, diretor Geral da Casai no Brasil.

Dentre as novas exigências e habilidades da indústria, a empresa reitera tendências como o anywhere office e até o anywhere home, movimentos que misturam prazer e trabalho como o bleisure (business + leisure), dentre outros tipos de estadias de curta, média e longa temporada, ainda que preservando a excelência nas estadias tradicionais.

O exemplo mais recente dessa perspectiva da marca é a aquisição da LoopKey, criadora de um software exclusivo de gestão de entrada integrado a fechaduras eletrônicas. Assim, a empresa oferece maior segurança, consistência e fluidez tanto para hóspedes como para proprietários, por meio de uma gestão remota de acesso ágil e inteligente.

A Casai cresceu mais de quatro vezes em um ano, atualmente contando com mais de 150 colaboradores. Atualmente, planejam expandir operações para outras regiões, a começar pelo México.

Deixe uma resposta