Início Mariana Aldrigui

Mariana Aldrigui

Mariana Aldrigui é professora e pesquisadora da USP, quase sempre inconformada com os caminhos do turismo brasileiro. Ela escreve mensalmente para o Brasilturis Jornal. Contato: aldrigui@usp.br

    O caminho é diferente

    Por Mariana Aldrigui Recentemente, li um artigo de Dan Pendersen em que ele sugere que o que todos os outros estão fazendo não é relevante. A frase é intrigante. Ele avança, explicando que não é o fato de todos estarem fazendo a mesma coisa que faz desta a coisa certa...

    Mais Lidas

    (Alerta: as generalizações deste texto são irônicas, usadas apenas como provocação. Não, eu não estou falando de você.) Há várias formas de se trabalhar com e para o turismo. Dia desses comecei a anotar o quanto são diferentes as preocupações de cada grupo que atua na área. Minha lista não...

    Última semana

    Braztoa aprova nove filiações entre elas ETS e FRT

    A Braztoa aprovou nesta quarta-feira (10) a filiação de nove associados em uma mesma assembleia, sendo cinco na categoria Operadoras (Easy Travel...

    Grupo Leceres reúne time comercial e comemora resultados de julho

    Na última segunda-feira (8), os times do Departamento Comercial e de Rentabilidade do Grupo Leceres se reuniram em São Paulo (SP) para...

    Metade das agências Abav superam vendas de 2021 no segundo trimestre

    A Abav Nacional divulgou, nesta quarta-feira (10), o levantamento de amostragem do segundo trimestre em relação ao período do ano anterior (2021)....

    Taag aumenta a disponibilidade de voos para a África e São Paulo

    A Taag irá reforçar a sua programação global de voos para destinos domésticos e internacionais proporcionado aos seus passageiros maior disponibilidade de...

    O medo de se tornar irrelevante

    Por Mariana Aldrigui Professora, pesquisadora na USP e, quase sempre, inconformada com os caminhos do turismo brasileiro. Contato: aldrigui@usp.br Há vários pesquisadores estudando o tempo e verificando se, de fato, ele anda passando mais rápido. A conclusão inicial é que não, embora esteja provado que houve perda de alguns segundos por...

    Você saberia a resposta?

    Em 25 de maio de 2017, segundo dados do www.worldwidewebsize.com, havia praticamente 4,5 bilhões de sites na internet. No momento em que você estiver lendo este texto, o número já será um pouco maior. Já o site Internet Live Stats, ligado ao projeto International Real Time Statistics Project, indica...
    Por Mariana Aldrigui Se você vem sempre aqui, já sabe que é um espaço dedicado a provocações e críticas com o intuito de compartilhar incômodos e estimular o debate. E se você já se aprofundou um pouco em práticas educacionais de alguma forma – seja educando seus filhos, orientando alunos...

    Falta coragem

    Por Mariana Aldrigui O que falta, de fato, para que mais mulheres ocupem os lugares de liderança no turismo nacional? Tenho várias respostas, mas quase todas se resumem à falta de coragem. Enquanto falta coragem aos homens para dar lugar às mulheres e permitir que grandes mudanças comecem a acontecer,...

    O turismo invisível

    Por Mariana Aldrigui* Feche os olhos. Tente esvaziar sua mente por alguns segundos. Em seguida pense em “turista”. Abra os olhos e balance a cabeça positivamente se a imagem que ocupou a sua mente é a do estereótipo: camisa florida, chapéu, óculos, câmera, mapa, short e sandálias.  Não tem problema...

    Brasil, 2017: Turismo

    Por Mariana Aldrigui* A profissão (não reconhecida) de futurólogo existe. São pessoas que se especializam em observar o mundo, os diferentes comportamentos e, como resultado de muitas análises e comparações, indicar o que vai acontecer logo mais. Eu, particularmente, não conheci nenhum que tenha acertado. Os futurólogos - ao falar de...
    Por Mariana Aldrigui* Em 16 de novembro, a Universidade de Oxford indicou que pós-verdade (post-truth) é a palavra do ano 2016. A instituição definiu que pós-verdade é um adjetivo “que se relaciona ou denota circunstâncias nas quais fatos objetivos têm menos influência em moldar a opinião pública do que apelos...
    Por Mariana Aldrigui* O tempo vai passando e, mesmo com todas as novidades, as mudanças de comportamento, a pressão do avanço da tecnologia, algumas ideias resistem como se combinassem a força de uma raiz profunda e o alcance das ervas daninhas. Alguma mente “brilhante” propõe uma abordagem, empoa a fala...