Circuito Litoral Norte debatem unificação e divulgação da região

Os secretários e conselhos municipais do Circuito Litoral Norte se reuniram virtualmente para dar continuidade ao plano de ações do setor

Circuito Litoral Norte

Nesta quarta-feira (17), o Circuito Litoral Norte realizou o primeiro encontro entre secretários e conselhos municipais de Turismo das cidades de Bertioga, Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba. Na reunião comandada por Gustavo Monteiro, secretário Executivo do consórcio, além da apresentação do plano de trabalho do Circuito Litoral Norte para 2021, foram abordadas pautas como:

  • Criação de ícones em comum para a região ser divulgada e conhecida como um todo,
  • Regionalização dos roteiros e seus desafios logísticos
  • Unificação do discurso do litoral norte em relação ao enfrentamento da covid-19.

“As novas políticas de regionalização do turismo se tornam essenciais nesse momento de retomada e é importante termos um plano regional claro e gerando resultados diretos compartilhado com todos os players regionais. Esse profissionalismo é a essência do consórcio e com essas lideranças regionais técnicas e focadas em resultados que compõem hoje os quadros de secretários e comturs estaremos mais fortes e integrados nessa retomada regional”, diz Monteiro.

O Circuito Litoral Norte apresentou ainda as estimativas de retomada pós-pandemia. Entre os números, destacam-se as previsões de aumento de 44,9% do fluxo de turistas em 2021, em relação à 2020, e do fluxo doméstico na região do Vale do Paraíba e Litoral Norte, que deve alcançar 4,4 milhões de turistas.

De acordo com dados do Governo do Estado, o Circuito Litoral Norte tem ações focadas em polos emissores de pequena distância em primeiro momento como São Paulo Capital e interior, como Campinas e Ribeirão Preto, depois esse foco abrange Goiânia, Belo Horizonte e Sul de Minas e Mato Grosso, fortes mercados que buscam sol, praia e natureza.

Em terceiro momento, a atuação foca os maiores emissores da América Latina como Argentina, Chile e Uruguai. Depois, com o avanço de aberturas e vacinação, as ações passam a se voltar também para os principais mercados internacionais como Estados Unidos e Alemanha.

“Agora, o maior desafio é fazer todos os players do turismo interagirem, jogarem juntos pela mesma causa, fortalecendo o todo e, como resultado, cada negócio, cada município ter um turismo de qualidade, sustentável. O Comtur vem como esse elo entre trade e poder público e hoje demos mais um passo na regionalização do turismo do Litoral Norte”, afirma Marco Perroti, presidente do Conselho Municipal de Turismo de São Sebastião.

A reunião reforça um dos principais objetivos do Circuito Litoral Norte, que é a profissionalização e organização da região do Litoral Norte como um produto completo e pronto para ser vendido tanto ao mercado nacional, quanto internacional.

“Cada vez mais a gente vê a necessidade de união das frentes envolvidas com o setor de turismo. Então, essa integração de todos os municípios fortalece ainda mais a voz do turismo em busca de melhorias, de melhores políticas públicas pra que fortaleça o turismo regional”, ressalta Maria Fernanda Galter Reis, secretária de Turismo e presidente do Comtur de Caraguatatuba.

Deixe uma resposta