Clia Brasil enxerga saldo positivo após realização de fórum

Evento, que teve sua 3ª edição, realizado reuniu nomes importantes do turismo brasileiro e Clia

0
Fórum Clia 2019
Abertura do III Fórum Clia, com a presença de executivos da entidade e Marcelo Álvaro Oliveira, ministro do Turismo

Organizado pela Associação Brasileira de Cruzeiro Marítimos (Clia Brasil), o III Fórum Clia Brasil 2019 cumpriu seu objetivo, segundo a entidade. Com reflexões pertinentes ao mercado de cruzeiros e, no geral, ao turismo, o evento mostrou que existem desafios e possíveis caminhos para retomar o crescimento da atividade turística no Brasil.

Dentre as pautas discutidas, o encontro falou da regulação do setor; trabalho a bordo e o direito internacional; investimentos e competitividade nos terminais de passageiros; navios e meio ambiente.


LEIA MAIS

+ 3º Fórum Clia Brasil 2019 pauta assuntos do setor e anuncia data do evento
+ Trabalho árduo: Marco Ferraz detalha desafios enfrentados pela Clia Brasil
+ Conheça o compilado de boas práticas para cruzeiristas, criado pela Clia Brasil

Além disso, dados e novidades foram divulgados. Com impacto financeiro de R$ 2.083 bilhões na temporada de 2018/2019 no Brasil, o mercado de cruzeiros pode ser contemplado com linha de crédito de R$ 5 milhões para construção de 15 portos no País.

“Os cruzeiros nos últimos dez anos apresentaram crescimento e, em 2019, a expectativa é transportar 30 milhões de passageiros. Mas, além disso, o principal é o setor poder oferecer inovação e tecnologia em forma de experiência”, disse Kelly Craighead, presidente e CEO da Clia Global.

Além dela, participaram do evento Marcelo Álvaro Antonio, ministro do Turismo; Dep. Federal Herculano Passos, presidente da Frente de Turismo (Frentur); Dep. Federal Newton Cardoso, presidente da Comissão de Turismo; entre outros.


Leia Também:

MSC lança serviço de estacionamento de carros em Itajaí e Santos
Regent Seven Seas anuncia paradas em Fortaleza (CE) e Natal (RN); veja
Setor de cruzeiros pode receber linha de crédito do BNDES, afirma MTur

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here