Clia revela aporte de US$ 22 bilhões para tecnologia sustentável

A sustentabilidade foi também um dos assuntos debatidos durante o III Fórum Clia

0
Clia
A pesquisa foi divulgada pela Cruise Lines International Association (Clia) esta semana

A pauta sustentabilidade é presente na indústria de cruzeiros e implementação de tecnologias e práticas do gênero estão acontecendo. É o que mostra o Relatório de Práticas e Tecnologias Ambientais de 2019, divulgado pela Cruise Lines International Association (Clia). Ao todo, o setor investiu mais de US$ 22 bilhões em navios com viés sustentável.

“Nossa indústria lidera a gestão ambiental. Todo setor de transporte marítimo se beneficia da adoção antecipada de tecnologias inovadoras pelas linhas de cruzeiro – muitos dos quais não existiam há cinco ou dez anos”, diz Michael Thamm, presidente da Clia Europa e CEO da Costa Group e Carnival Asia.


LEIA MAISClia Brasil enxerga saldo positivo após realização de fórum3º Fórum Clia Brasil 2019 pauta assuntos do setor e anuncia data do eventoTrabalho árduo: Marco Ferraz detalha desafios enfrentados pela Clia Brasil

Além dele, Adam Goldstein, presidente da Clia Global e vice-presidente da Royal Caribbean Cruises, se manifestou sobre o assunto. “A indústria de cruzeiros é pioneira na proteção ambiental marítima. Por isso, assumimos o compromisso de reduzir a taxa de emissões de carbono em 40% até 2030, em comparação a 2008”, afirma o executivo.

Destaques do relatório

Gás Natural Liquefeito (GNL)

A pesquisa descobriu que 44% da nova capacidade de construção depende de GNL para propulsão primária. Isso representa aumento de 60% na capacidade geral em comparação com o ano passado.

Sistema de limpeza de gases de escape

Mais de 68% da capacidade global utiliza o Sistema de limpeza de gases de escape (EGCS – sigla em inglês) para atender os requisitos de emissões atmosféricas, representando um aumento na capacidade de 17% em comparação com o ano passado. Além disso, 75% das novas construções não GNL terão o EGCS instalado, um aumento na capacidade de 8% em relação ao ano passado.

Sistemas avançados de tratamento de águas residuais

Todos navios sob encomenda tem sistemas avançados de tratamento de águas residuais, acréscimo de 26% em relação a frota de 2018. Atualmente, 68% da capacidade global da frota da Clia é atendida por sistemas avançados de tratamento de águas.


Leia Também:

Uruguai se consolida no mercado de cruzeiros e cresce 4,3% em 2018/19
Costa Cruzeiros amplia oferta no Brasil para temporada 2020/21; veja novidades
Desire Cruises, exclusivo para casais, tem novos roteiros para 2021

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here