CNC lança projeto “Vai Turismo” para resgate do setor

A ação da CNC visa contribuir para embasar propostas e estratégias de governo dos candidatos que se apresentarem às eleições em 2022

cnc
José Roberto Tadros, presidente da CNC. Foto: reprodução

No próximo dia 22, a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) lança em evento online a ação Vai Turismo-Rumo ao Futuro, que visa contribuir para o debate público e embasar propostas e estratégias de governo dos candidatos que se apresentarem às eleições em 2022, a nível estadual e nacional.

O documento nacional que será entregue aos presidenciáveis em 2022 terá o envolvimento das 27 instituições da cadeia produtiva do turismo que integram o Cetur, entre outras que aderirem ao movimento Vai Turismo-Rumo ao Futuro. O projeto envolve diferentes atores do trade turístico, capitaneada pelas Federações do Comércio (Fecomércios) em todos os Estados e no Distrito Federal.

“Com planejamento e boa execução, o turismo pode ajudar a criar ainda mais empregos no País, promover melhorias sociais e econômicas e proteger o meio ambiente. O empresário do turismo também quer um desenvolvimento sustentável. Nossa missão aqui é aproximar o debate, apresentar propostas e contribuir para soluções práticas, sempre olhando para o futuro”, explica José Roberto Tadros, presidente da CNC.

Responsável por uma fatia de 8% da economia brasileira, o turismo foi um dos setores que mais sofreu no período agudo da pandemia do novo coronavírus e ainda amarga prejuízos históricos durante a prolongada crise econômica e sanitária.

O evento de lançamento contará com a presença de especialistas nacionais e internacionais do setor, que vão compartilhar experiências e visão sobre futuro, sustentabilidade e inovação, sendo eles: Sandra Carvão, chefe de Inteligência de Mercado e Competitividade da Organização Mundial do Turismo (OMT); Ledys Lopez, assessora da Subsecretaria de Turismo de Medellín, que apresenta o case de um dos primeiros Destinos Turísticos Inteligentes na América Latina; Vitor Leal Pinheiro do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma); e Sérgio Guerreiro, que é diretor coordenador de Gestão do Conhecimento e Inovação do Turismo de Portugal.

“Fizemos a entrega de documento com propostas para os principais candidatos a Presidente da República em 2018, por exemplo, mas agora queremos ampliar e aprimorar esse processo. Em especial diante da gravidade da situação do setor, que possivelmente vive a pior fase já vista”, declara Alexandre Sampaio, diretor que coordena o Cetur/CNC.

Deixe uma resposta