CNC estima crescimento de 0,9% no PIB brasileiro em 2019

Dentre outros fatores, estímulo ao consumo e recuperação do comércio são determinantes para resultados do ano, diz CNC
CNC
Alexandre Sampaio, diretor da CNC

A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) projeta que o País cresça 0,9% em seu Produto Interno Bruto (PIB) de 2019. A estimativa é acompanhada do crescimento de 0,4% registrado no mesmo índice com relação ao primeiro trimestre do ano.

De acordo com a instituição, a leve alta foi o suficiente para afastar risco de recessão técnica – quando o PIB recua por dois trimestres seguidos, mas o comércio segue em recuperação gradual.


LEIA MAIS

+ CNC e Sesc promovem seminário para fomento do Turismo Social
+ CNC: Após quatro meses de alta, intenção de consumo diminui
+ CNC prevê crescimento de 2,3% no PIB em 2019; saiba mais

Com essa projeção anual, o ritmo da economia brasileira segue semelhante ao dos dois últimos anos, quando teve alta de 1,1%. “Nossa expectativa é que as medidas de estímulo à economia possam levar o principal agregado das contas nacionais (consumo das famílias) a encerrar 2019 com alta de 2%”, afirma Fabio Bentes, economista da CNC.

Mesmo assim, o especialista acredita que a inflação baixa permitiu que esse componente da demanda, responsável por quase dois terços do PIB, alcançasse o décimo trimestre sem o registro de retrações”, completa o economista da CNC.


Leia Também:

Confira flashes da estreia da Azul na ponte aérea
Amadeus e Hawaiian realizam primeiros voos com tecnologia DCS
Movida oferece oportunidade de dirigir uma Ferrari em São Paulo

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui