Colômbia lança selo de biossegurança segurança para turismo

A certificação será válida por dois anos. Um registro dos prestadores de serviços, atrações e destinos turísticos que receberem o selo será mantido pelo Ministério do Comércio, Indústria e Turismo

selo Colômbia

Nesta sexta-feira (22), Ministério do Comércio, Indústria e Turismo, com o apoio do ProColombia e Icontec lançaram o “Certificado de check-in”,para os viajantes pós covid-19. A ação conta com o apoio da Organização Mundial de Turismo e ressalta o cumprimento de protocolos emitidos pelo Governo Nacional para evitar o contágio e disseminação da doença.

“O selo pode ser utilizado por prestadores de serviços, áreas turísticas e atrações que atestam o cumprimento dos protocolos de biossegurança após o início da reativação do setor”, pontua José Manuel Restrepo, ministro do Comércio, Indústria e Turismo.

A certificação que é baseada na resolução 666 de 2020 será válida por 2 anos. Um registro dos prestadores de serviços, atrações e destinos turísticos que receberem o selo será mantido pelo Ministério do Comércio, Indústria e Turismo.

“Parabenizo a Colômbia pelo desenvolvimento desta certificação de biossegurança, a primeira na região. Manifesto o apoio da Organização Mundial de Turismo (OMT) a essa importante iniciativa que dará confiança aos viajantes e consumidores na fase de revitalização do turismo”, disse Zurab Pololikashvili, secretário geral da OMT.


Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui