Comitê vai discutir retomada do setor de eventos em Maringá

Durante a reunião, o setor destacou a importância de se falar em uma data para que as empresas possam se organizar e se programar

Maringá

Durante reunião realizada na manhã desta quinta-feira (16), na Prefeitura de Maringá, foi definida a criação de um comitê que discutirá e definirá ações de retomada do setor de eventos na cidade. O Maringá e Região Convention & Visitors Bureau esteve representado na reunião por Sérgio Takao Sato, membro do Conselho Superior da entidade, e Michael Tamura, vice-presidente para assuntos de Projetos Estratégicos. O comitê será integrado pelo poder público, representantes de entidades ligadas ao setor e empresários do segmento.

Durante a reunião, o setor destacou a importância de se falar em uma data para que as empresas possam se organizar e se programar, citando exemplos de cidades semelhantes a Maringá que já sinalizaram o retorno dos eventos. O Convention Bureau vem trabalhando ações para a retomada do setor de eventos há meses. Com o avanço da pandemia, foi criado um comitê dentro da entidade que discutiu diretrizes para uma retomada segura, resultando na criação do Manual de Conduta Segura para Eventos na prevenção da Covid-19, com apoio do Sebrae/PR.

Tamura afirma que o setor de eventos precisa desse diálogo constante para conseguir se planejar e alinhar os processos de segurança para a retomada. “O protocolo que o Convention entregou a prefeitura foi criado justamente para evoluir conforme os acontecimentos, até chegarmos em um formato ideal para o momento. Precisamos de diálogo contínuo para termos prazos executáveis dentro do setor”, destacou.

Sato salientou as necessidades do setor de eventos durante a reunião, e destacou que outras cidades estão sinalizando uma retomada. “Acredito que os empresários e entidades que estiveram na reunião conseguiram posicionar o que está acontecendo com setor na cidade, e com a criação do comitê com certeza sairemos com uma data e diretrizes definidas para o setor de eventos poder retomar suas atividades em Maringá”, disse.

De acordo com Jair Biatto, secretário de Saúde, alguns pontos dos protocolos de retomada já encaminhados a prefeitura precisam ser melhor alinhados para que se possa falar em retorno dos eventos. Ele destacou a importância da reunião para entender o cenário do setor, e por isso a criação do comitê, que deve se reunir na semana que vem para alinhar questões de saúde com a retomada segura do setor.

“Vamos organizar esse processo de retorno dos eventos, mas lembrando que os meses de julho e agosto são difíceis para o Sul do Brasil, onde o número de casos está aumentando. Por isso faremos reuniões para que desenhemos melhor essa estrutura de retomada, mas acredito que não podemos falar antes de eventos até o meio do mês de agosto”, afirmou Biatto.

Rafael Silva, secretário de Inovação e Desenvolvimento Econômico, avaliou a reunião como positiva e destacou a formalização do comitê. “Foi formalizada a criação do comitê com integrantes da área dos eventos do turismo, e a partir de agora vamos discutir a retomada do setor. Ainda não há uma data estipulada, porém a partir das reuniões da semana que vem poderemos ter uma data com a orientação da equipe da Secretaria de Saúde”, disse.

Durante a reunião, o presidente da Câmara, Mario Hossokawa, destacou a importância de se apresentar uma data de retorno para manter a esperança do setor que está sofrendo com a crise. “Precisamos pensar em uma data para o retorno gradativo e seguro, com todas as medidas de segurança”.

Luiz Fernando Neves, diretor de Turismo, destacou a importância do dialogo entre poder publico e os empresários. “Desde a criação do movimento #SuperaTurismoMaringa, a diretoria de turismo manteve diálogo com os diversos setores do turismo. A cadeia produtiva de eventos é grande e temos recebido todas as sugestões de protocolos para cada setor, para que seja validada pela Secretaria da Saúde uma retomada gradativa”.


Deixe uma resposta