Concerto e 4 mil tochas nas homenagens de hoje

Por: Antonio Euryco

 

Se o domingo foi inesquecível e com tudo na mais perfeita ordem, o desfile de barcos que durou três horas – tinha até embarcação de remo na comitiva fluvial – e o final do dia teve a saudação do ‘Good Save the Queen’ (Deus Salve a Rainha), um  megashow marca o terceiro dia de festividades do Jubileu de Diamante de Elizabeth II.

 

A própria rainha  acende a última tocha que iluminará a noite, de Tonga até Malta, passando pelo Quênia, país onde soube em 1952 da morte de seu pai, o rei George VI. Mais de 4 mil tochas devem estar acesas em todo o reino, e uma centena nos países da Commonwealth, a Comunidade Britânica.

 

Em Londres, mais de  dez mil vencedores de um sorteio vão apreciar, nos jardins do Palácio de Buckingham, o famoso “Chicken Coronation” do chef Heston Blumenthal, antes do megashow transmitido ao vivo pela BBC. O concerto reunirá os maiores nomes do rock e do pop britânico, de Sir Elton John, recuperado de uma pneumonia recente, até Sir Paul McCartney, passando por Sir Cliff Richard e Dame Shirley Bassey. Esta última deve cantar a música tema de James Bond, Diamonds Are Forever, uma homenagem ao Jubileu de Diamante da rainha, nas comemorações que vão até amanhã.

 

O grupo Madness tocará do telhado do Palácio de Buckingham o hino britânico. Na grande praça diante do palácio, fora dos portões, telões gigantes foram instaladas para transmitir o show.

 

A rainha estará presente, provavelmente não o tempo todo do show,  acompanhada do príncipe Charles, seu filho, e dos netos, os príncipes Harry e William e da mulher deste último, a Duquesa de Cambridge, Kate Midddleton. O principe Philip, marido da soberana, não poderá comparecer já que foi internado hoje pela manhã O Duque de Edimburgo, de 90 anos foi levado para o hospital por causa de uma infecção urinária, e permanecerá sob observação por alguns dias.

A sobrerana inglesa mostra-se  no auge de sua popularidade após 60 anos de governo, segundo os analistas que comentam as festividades, onde a Inglaterra mostra-se como o destino turístico do momento, também pela aproximação dos Jogos Olímpicos. Amanhã, uma missa na Catedral de St. Paul, antes de uma procissão de carruagens e uma aparição da rainha vão completar as festividades.

 

AE

 

 

 

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui