Congresso do Sindepat busca firmar isenção de impostos para parques

0
Vinicius Lummertz entre representantes da IAAP da ITPS e de Alain Baldacci e Alberto Alves

O Industry Showcase & Tabletop Net Working, organizado Sindepat, reuniu autoridades do Turismo nacional, para debater e apoiar medidas que consolidem a isenção do imposto de importação de equipamentos para atrações, nesta segunda-feira (6), no Wet ‘n Wild, em Itupeva (SP).

Atualmente a isenção, concedida em junho pelo Governo Federal através da Câmara de Comércio Exterior (Camex), é temporária e válida até outubro deste ano. Porém os esforços da entidade, que representa 18 parques, são para que o benefício seja permanente.

Com a isenção, o Sindepat estima que até outubro haverão investimentos na casa dos R$ 30 milhões o número de empregos do setor cresça 3%, com mais de 11,5 mil postos de trabalho.

“Sabemos que muitas empresas fornecedoras de fora ainda não conseguem vender equipamentos para muitas partes aqui do Mercosul, apesar dos esforços, devido as altas tarifas da nossa legislação”, afirmou Alain Baldacci, presidente do Sindepat.

“Nossos esforços estão concentrados em manter a isenção de maneira permanente, trabalhando junto da classe política e do Governo Federal afim de concretizar essa demanda, que é de grande importância para a economia e para o turismo”, destacou o ministro do Turismo, Vinicius Lummertz.

O evento do Sindepat

Durante o congresso, os participantes puderam participar de sessões de networking com 10 empresas fornecedoras de equipamentos para atrações de parques de 10 países diferentes, além de assistirem palestras com autoridades no assunto, como Dennis Speigel, do Internacional Theme Park Services (ITPS) e

Dentre as participantes estavam Arquitectura del Agua, Blue Wave, Crystal Lagoons, Deugro, Felimana Luna Park, Freso, Hidroazul, Intamin Amusement Rides, ITPS, Jack Rouse, Jeff Ellis, Limber, Mack Rides, Polin, ProSlide, Sacoa, Songline / AP Partners, Vekoma, WaterToys, White Water West e Zamperla.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here