Conheça as principais atrações de Bariloche durante o Outono

O outono local acontece entre os meses de março e junho e, neste ínterim, Bariloche oferece muitas atividades e novas paisagens, como a primeira nevasca do ano

1

O outono em Bariloche está chegando e, nesta época, que dura entre março e junho, o destino conta com muitas atividades e atrações. Dentre elas, percorrer o Circuito Chico, chegar à base do Monte Catedral, visitar o bar de gelo, estar em contato com a natureza, entre outras opções, e, quem sabe, ver a primeira nevasca do ano.

A estação começa exatamente no dia 21 de março e marca o início da queda das temperaturas na cidade. Nos primeiros meses do ano, os termômetros chegam a marcar até 30°C. No entanto, no outono, o clima fica mais ameno, com máximas que não passam dos 25°C. Em junho, quando termina a estação, a temperatura já não passa dos 5°C, que é quando podem acontecer as primeiras nevascas, preparando o destino para o inverno.

LEIA MAIS: Bariloche terá Festival de Cerveja Artesanal neste mêsBariloche terá novos voos diretos da Latam e Azul no próximo invernoLatam inicia vendas para Bariloche na temporada de neve

Quer saber como aproveitar Bariloche nesta época? Confira algumas dicas que a Fanato listou:

Festival do Chocolate

Para Celebrar a Semana Santa e a Páscoa, a cidade sedia o Festival do Chocolate, que acontece entre os dias 18 e 21 de abril. Fora do festival, a cidade abriga diversas chocolaterias em uma única rua, a Calle Mitre. Lá, os visitantes podem conhecer novas receitas com a iguaria, que é uma das especialidades da região.

Circuito Chico

Este é considerado um roteiro quase que obrigatório para quem visita o destino. Ele começa no centro da cidade, seguindo pela margem sul do lado Nahuel Huapi, avançando pela avenida Bustillo, onde se encontra o Club Regatas: é lá onde fica a península de San Pedro. O circuito segue para a península Llao Llao, passa pela Villa Tacul, depois pelo Lago Moreno, onde é possível conhecer a Colonia Suiza. O roteiro ainda passa pelo monte Campanário e, durante toda a rota, é possível fazer uma parada para se aquecer e admirar a paisagem local.

Bar de Gelo

Este é outro ponto turístico muito requisitado para quem busca uma experiência sensorial. Construído todo em gelo, inclusive o teto, a parede, mesas, cadeiras e balcão, o gelo está presente em cada canto, o que proporciona aos visitantes uma temperatura média de -10°C.

Bosque de Arrayane

Esta é uma dica para aqueles que gostam da natureza. Considerado um dos passeios mais lindos da região, o turista pode embarcar em um catamarã e navegar pelas águas do lago Nauel Huapi. A Isla Victoria oferece ao viajante um cenário com pinheiros, praias desertas, água verde e um clima mais sossegado e romântico.

Cassino

Já para quem curte jogo e quer ganhar um trocado, pode fazer uma visita ao Cassino, localizado no centro de Bariloche. Os turistas têm à disposição três andares com diversas opções de jogos, incluindo poker, baccarat, black jack, entre outros.

Centro Cívico

O Centro Cívico oferece um ambiente aconchegante para um passeio, seja de dia ou a noite. Lá, o visitante encontra um cenário ideal para marcar sua passagem por Bariloche. Entre as suas Mitre e Libertad, os viajantes têm a oportunidade de tirar as fotos com os famosos cachorros gigantes.

Montanhas

Como guardiãs da cidade, as montanhas proporcionam uma experiência inesquecível. Elas protegem, rodeiam e transformam a região em um dos pontos turísticos mais visitados da Argentina e região. Quem visita Bariloche não pode deixar de conhecer as montanhas e algumas das pousadas ali presentes.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here