Conselho Estadual de Turismo debate retomada consciente do setor

Monitoramento de destinos do RJ, com foco na retomada, foi destaque do encontro

rio de janeiro
Foto: reprodução

Na última semana, o Conselho Estadual de Turismo do Rio de Janeiro discutiu via plataforma Zoom, os principais avanços obtidos pela Secretaria de Turismo (Setur-RJ), com foco na retomada das atividades.

“A reunião do Conselho Estadual de Turismo foi importantíssima para avançarmos nas ações e melhorias relacionadas a esse período de retomada. Estamos motivados para continuar conquistando mais espaços e estabelecer novas iniciativas com foco na melhoria de políticas públicas para a volta consciente do Turismo”, enfatiza Adriana.

Adriana Homem de Carvalho, secretária estadual de Turismo e presidente do Conselho apresentou um balanço do primeiro mês de criação do selo Turismo Consciente, que bateu a marca dos 2,7 mil cadastrados.

Segundo Adriana, mais de 2,1 mil empreendimentos turísticos já estão disponíveis no site da ação, que também apresentou o serviço de monitoramento das cidades do RJ, com informes do que “abre” ou “fecha”, além das barreiras sanitárias, nas 12 regiões turísticas, que compõem o Estado.

“Notamos que muita gente tem decidido viajar em cima da hora. Essa dinâmica de abre e fecha, que é necessária por causa da pandemia, gera uma grande sensação de insegurança. A

ideia desse novo serviço é fornecer uma fonte confiável de consulta para o turista. Tendo mais informações, ele consegue se planejar melhor e até mesmo programar estadias mais longas no destino”, declara.

Na pauta, além do balanço e monitoramento da ação Turismo Consciente, outros assuntos também tiveram em destaque como, por exemplo, a apresentação da campanha, que irá divulgar a retomada das atividades; o novo portal TurismoRJ e as informações sobre o auxílio emergencial da AgeRio, voltado para profissionais do setor.

O Phillipe Campelo, presidente da TurisRio, mostrou o passo a passo da campanha publicitária, que está sendo desenvolvida para estimular os viajantes a retomarem as viagens de forma

segura. As peças apresentadas estimulam, de maneira inusitada, o uso de equipamentos de proteção individual, evitar as aglomerações, a lavagem correta das mãos e o distanciamento social.

“A campanha será divulgada nos principais meios de comunicação e nas redes sociais entre os meses de agosto e setembro. A princípio, o raio de alcance estará focado nas cidades que distam até 500 kms da Capital. A população pode e deve voltar a viajar desde que seja de forma consciente”, pontua Phillipe Campelo.


Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui