Construção do aeroporto de Maragogi impacta positivamente Alagoas

A construção do novo aeroporto de Maragogi conta com o aporte de R$ 120 milhões e está previsto para ser entregue em até dois anos

aeroporto de Maragogi
(Foto: Jonathan Lins)

Recentemente, foi anunciado o futuro aeroporto de Maragogi (AL), que visa ser o segundo maior do estado: o Aeroporto Costa dos Corais. O início das obras do equipamento ocorreu na última quinta (4), quando foi celebrado por importantes players do setor nacional e internacional. O aeroporto contará com uma pista de mais de 2,2 metros para pousos e decolagens e terá capacidade para até duas grandes aeronaves simultâneas e 12 aviões de pequeno porte.  

Investimentos na ordem de R$ 120 milhões serão necessários para a finalização do aeroporto. A previsão de entrega da obra é de até dois anos. Segundo Rafael Brito, secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, serão recursos próprios que garantirão a entrega do equipamento que será entregue à iniciativa privada.

“Já estamos trabalhando para fomentar as operações aéreas deste novo equipamento e a nossa previsão é que ele conte com até 15 voos semanais. Isso vai significar um crescimento muito grande de turistas, que irão impactar em toda a cadeia, do setor, gerando ainda mais empregos, renda e oportunidades na região Norte do estado”, enfatiza Brito.

Aeroporto de Maragogi: impacto na indústria

Paulo Kakinoff, presidente da Gol, afirma que a novidade evidencia a vocação da região como um todo para o turismo sustentável e como isso torna o estado atrativo para todo o Brasil. “Maragogi se destaca como uma cidade onde o turismo e a preservação do meio ambiente andam lado a lado, sendo o principal destino da APA Costa dos Corais, que abarca a maior barreira de corais costeira do mundo.”, pontua.

Ainda de acordo com ele, o equipamento fará com que as companhias ampliem sua operação no mercado. “A construção do Aeroporto Costa dos Corais não só facilitará as viagens à região como fomentará ainda mais o turismo, a geração de emprego e estimulará que as companhias aéreas aumentem a quantidade de voos”, completa.

Sylvio Ferraz, vice-presidente de Produtos da CVC Corp – operadora responsável por oito voos fretados semanais até o fim da alta temporada -, declara que o equipamento vai aproximar ainda mais o destino dos consumidores. “Ter um equipamento desse porte na região vai mudar o patamar do destino, fazendo com que a própria CVC cresça nos investimentos que já são importantes para Alagoas”, comemorou.

Para o mercado internacional, a construção do terminal é mais um atrativo para investimentos em Alagoas, conforme indicado por Jorge Rebelo, presidente da rede Vila Galé, que atualmente constrói mais uma unidade do grupo, a primeira de Alagoas, na praia de Carro Quebrado, a 90 quilômetros de Maragogi.

“O transporte aéreo é fundamental para atrair turistas nacionais e internacionais e, por isso, o investimento no novo aeroporto de Maragogi é da maior relevância para o crescimento do litoral Norte de Alagoas. Como também foi importante a captação do voo Lisboa/Maceió que colocou Alagoas na rota do turismo internacional da Europa”, ressalta Rebelo.

O impulso no setor de hotelaria também é comemorado pela Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Alagoas (ABIH/AL). “O Litoral Norte é um dos polos turísticos mais importantes do destino Alagoas, muito bem posicionado no mercado nacional e com grande potencial de expansão da rede hoteleira. Temos acompanhado esse crescimento com muita expectativa e acreditamos que o Aeroporto de Maragogi será um marco para o desenvolvimento do destino”, declara André Santos, presidente da entidade.

Deixe uma resposta