Cooperativa de mulheres cria artesanato com a identidade de Parauapebas

Cerâmicas que agradam aos turistas são feitas de forma sustentável e geram renda para a população

0
Sandra dos Santos Silva, presidente da cooperativa Centro Mulheres de Barro, de Parauapebas (PA)

O Centro Mulheres de Barro é uma das iniciativas para desenvolver o turismo e valorizar a cultura local de Parauapebas (PA). Trata-se de uma cooperativa que reúne artesãs que fazem cerâmicas inspiradas em peças arqueológicas da região.

“A iniciativa surgiu a partir do curso de educação patrimonial. Pegamos carona em pesquisas arqueológicas que são feitas antes de se abrir as minas para criar um artesanato com a cara do município”, explica Sandra dos Santos Silva, presidente da cooperativa. Ela participou da WTM Latin America, em São Paulo, expondo o trabalho no estande de Parauapebas.

O Centro Mulheres de Barro é composto por galeria, loja, galeria e escola com aulas para adultos e crianças. Cerca de 20 pessoas integram a iniciativa.

“São peças contemporâneas com referências a artefatos cerâmicos de 6 mil anos atrás”, diz Sandra. Tudo é feito de forma natural e sustentável: da coleta da argila ao uso de pigmentos naturais, segundo ela.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here