Copa comemora ingresso na Star com estilo bem Brasil

Por: Antonio Euryco

A Copa Airlines vem se identificando muito com o mercado brasileiro e já é a segunda empresa aérea internacional a contar com maior numero de destinos dentro do território nacional. São 64 voos semanais partindo de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Brasília, Manaus, e desde o dia 24 de junho também com a ligação de Recife, em quatro voos semanais.

 

Esta presença comprovada e com encaminhamento positivo, já antecipando a possibilidade de mais uma rota a partir de 2013, foi um detalhe a mais relacionado no coquetel de comemoração pelo ingresso da empresa panamenha na Star Alliance.  O evento oficial foi o da semana passada em Bogotá, com a direção geral da companhia e o staff da aliança, ao lado da Avianca e Taca que também passaram a integrar a principal rede mundial.

 

Aqui em São Paulo a direção brasileira da Copa fez questão de contar com representantes das companhias integrantes da Star  que operam no Brasil. A comemoração desta terça (3), no Espaço Quatrinno, dos Jardins, contou com representantes da United, TAP, South African Airways e da TACA, além de representantes de operadoras e dirigentes da Abav Nacional e da regional paulista, além da Abraccorp..

 

Em seu pronunciamento, Marcos Calixto, gerente geral da Copa para o Brasil, destacou estes aspectos em agradecimento e também  focou a  trajetória da empresa aérea fundada em 1992, que transformou o Panamá em um grande centro de conexões através do aeroporto de Tucumen, como ‘hub’ das Américas, além  da cobertura para todo o continente americano. No ano passado, a Copa colaborou para que dois milhões de turistas visitassem o país da América Central.

 

‘Esta conectividade  maior que nos é proporcionada pela Star Alliance merece esta celebração e união para que possamos alcançar objetivos previstos, como fechar 2012 com 10 milhões de passageiros transportados, 20% a mais em relação ao ano passado.  Estamos celebrando que, com a Copa Airlines, tudo é possível”, destacou.

 

AE

Deixe uma resposta