Costa Cruzeiros assina acordo “Gênova Azul” e anuncia investimentos

Companhia marítima exerce há anos as medidas abordadas no acordo.

0

A Costa Cruzeiros assinou o acordo “Gênova Azul” que determina a quantidade máxima de enxofre no combustível das embarcações em 0,10%. O documento é uma iniciativa da Guarda Costeira das cidades italianas de Gênova e Savona.

Apesar de ter oficializado o compromisso esse mês, a Costa Cruzeiros há anos, cumpre a medida. A nova legislação se aplica tanto para os navios atracados, quanto para os que estão entrando nos portos de Savona e Gênova.

“Ao assinar o Acordo “Gênova Azul”, reforçamos nosso compromisso com a redução do impacto ambiental de nossos navios. O tratado oficializado neste protocolo já é aplicado pela Costa Cruzeiros, de maneira voluntária, há alguns anos. Estamos felizes em ver que outras companhias marítimas também se comprometeram com as regras, que beneficiarão ainda mais as comunidades que visitamos diariamente”, comemora Neil Palomba, presidente da Costa Cruzeiros.

LEIA MAIS
+ Costa Diadema percorre Itália, França e Espanha durante verão europeu
+ Costa amplia minicruzeiros para a próxima temporada na América do Sul
+ Aplicativo da Costa é premiado durante Prêmio Técnico de Publicidades

Seguindo as práticas sustentáveis, a Costa possui 70% dos navios equipados com o sistema de qualidade de ar, que remove 75% dos óxidos de enxofre e uma parte dos óxidos de nitrogênio. A tecnologia é também reconhecida pelo Gênova Azul”.

Desde o final de março, o navio Costa Fortuna retomou as operações. Durante as escalas, a embarcação oferece nove excursões exclusivas. Neste ano, a cidade se Gênova recebeu 170 mil turistas.

O grupo Costa fará ainda, 243 escalas na região da Ligúria, representando 1,2 milhão de hóspedes. Em 2020, o navio Costa Pacífica será o principal a realizar viagens a partir de seu porto.

Investimentos

O porto de Savona, principal elo da Costa recebeu investimento de 20 milhões de euros da Autoridade Portuária do Mar da Ligúria Ocidental para a chegada do navio Costa Esmeralda. A embarcação é a primeira movida a Gás Natural Liquefeito (GNL). Em 2019, estão previstas 164 escalas, embarque e desembarque de 750 mil passageiros.

LEIA MAIS
+ Costa Cruzeiros lança caminhada cultural com roteiro Nórdico
+“Melhor estilo italiano”: Dario Rustico traz diferenciais da Costa Cruzeiros
+ Costa Cruzeiros e Grupo Ferrero firmam parceria em projeto social infantil

Em La Spezia, a Costa e outras empresas ganharam o contrato para gerenciar os serviços de cruzeiro do porto e a construção de novos de cruzeiros. Este ano, os navios da Costa farão 50 escalas no porto da província, incluindo 29 escalas do navio AIDAnova, flagship da AIDA Cruises, empresa alemã pertencente ao Grupo Costa.

Outra novidade é o plano apresentado pela Fundação Costa Crociere e prefeitura de Gênova, para a construção de um Centro Comunitário com cerca de 530m² destinados aos moradores. A instalação será em um prédio da prefeitura, com início das reformas em agosto. O investimento no valor de 33º mil euros, pela fundação é resultado da angariação de fundos “Insieme per Genova” (Juntos por Gênova), na qual a empresa envolveu todos os seus hóspedes e parceiros.

LEIA MAIS:
+– “Melhor estilo italiano”: Dario Rustico traz diferenciais da Costa Cruzeiros
+Costa Cruzeiros comemora 70º aniversário com viagem exclusiva para hóspedes CostaClub
+ Costa Cruzeiros tem ferramenta para personalizar a viagem e shopping a bordo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here