Costa Cruzeiros prorroga paralisação até 30 de abril

Ainda com viagens em andamento, a armadora comunica que estes estão encerrando seus itinerários para permitir a repatriação de hóspedes

Navio Costa Fascinosa, da Costa Cruzeiros
Navio Costa Fascinosa, da Costa Cruzeiros

Em razão das grandes dimensões tomadas pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a Costa Cruzeiros decidiu ampliar a pausa temporária nas operações. Agora, a suspensão dura até 30 de abril, também como uma das medidas de contenção do vírus, incluindo fechamento de portos e restrições ao movimento de pessoas.

A armadora começou a informar agências de viagens e clientes afetados pelas alterações. O cliente poderá utilizar o valor pago como crédito até o dia 31 de março de 2021 no agendamento de um novo cruzeiro com embarque até 30 de novembro de 2021. Além disso, ele recebe um crédito a ser utilizado a bordo.

Os cruzeiros atualmente em andamento estão encerrando seus itinerários apenas para permitir que os hóspedes desembarquem e retornem aos seus locais de origem.


Deixe uma resposta