Costa Cruzeiros treina agentes a bordo

Por Larissa Coldibeli

O navio Costa Favolosa, da Costa Cruzeiros, chegou ao Recife (PE), em 8 de dezembro, vindo de Savona, na Itália, para dar início à temporada sul-americana. A primeira saída em terras brasileiras aconteceu no dia 14, em Santos (SP). Antes disso, a armadora realizou treinamentos com agentes de viagens dentro do transatlântico. Foram cerca de 240 agentes treinados, de Recife (PE), Maceió (AL), Salvador (BA), Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP).

Os eventos aconteceram durante as paradas do navio em cada cidade e os agentes passaram o dia na embarcação e o Brasilturis acompanhou tudo com exclusividade. Além de conferir as novidades para a temporada sul-americana 2017/2018, os profissionais participaram de uma visita para conhecer as instalações do navio. O evento começou com uma demonstração da programação que acontece todas as noites no teatro, no mesmo local onde Roberto Carlos vai realizar o show do projeto “Emoções em Alto Mar”.

Naim Ayub, diretor de cruzeiros, apresentou um pouco do entretenimento a bordo, que é um dos destaques da companhia. Os agentes assistiram a shows de dança, música e acrobacias, além de conhecer a Peppa Pig, personagem responsável pela diversão infantil. Em seguida, saborearam o almoço nos restaurantes a la carte, que oferecem alta gastronomia italiana e internacional, outro destaque da armadora. O passeio continuou com demonstração do simulador de Fórmula 1, sessão de cinema 4D, oficina de drinques moleculares e degustação de gelato italiano.

Dois navios farão os itinerários pela América do Sul durante a temporada 2017/2018: Costa Favolosa e Costa Fascinosa. O Costa Favolosa navega em águas sul-americanas entre dezembro de 2017 e março de 2018, com embarques em Santos. O navio está na região pela quarta vez e visita os destinos de Salvador, Rio de Janeiro, Angra dos Reis, Ilhabela, Búzios e Balneário Camboriú, Buenos Aires e Montevidéu em viagens de três a oito noites. Já o Costa Fascinosa está em sua quinta temporada na América do Sul, com embarques do Rio de Janeiro e fará viagens de oito e nove noites pela região do Rio da Prata.

Novidades da temporada
Às vésperas de completar 70 anos, a armadora italiana apresenta suas novidades. Uma delas é o cruzeiro premium, explica Alex Calabria, gerente de vendas e marketing para o Brasil. “É um cruzeiro em que os pontos de embarque e desembarque são diferentes. Estamos trazendo para o Brasil este conceito que já existe lá fora.”

Será possível viver a experiência no navio Costa Fascinosa, saindo de Buenos Aires no dia 25 de fevereiro e chegando ao Rio de Janeiro em 4 de março, parando em Montevidéu, Ilha Grande e Búzios. Outra opção é embarcar no Rio de Janeiro em 4 de março e desembarcar em Buenos Aires em 11 de março, com paradas em Ubatuba, Ilhabela e Punta del Este.

O pacote Air&Sea é outra novidade, que combina cruzeiros com passagens aéreas a preços mais baratos do que o valor de mercado. Estes pacotes estão disponíveis para o cruzeiro premium e para itinerários pelo Caribe, Mediterrâneo e norte europeu. O pacote inclui traslado do aeroporto para o navio e vice-versa.
A armadora também incluiu Balneário Camboriú (SC) como porto de escala para os cruzeiros do Costa Favolosa nesta temporada. Dos seis minicruzeiros programados, três farão paradas inéditas no destino, com a opção de compra de excursão para o parque Beto Carrero World.

Temáticos
Pela primeira vez, dois cruzeiros temáticos de sucesso se uniram e deram origem ao cruzeiro “Fitness e Bem-Estar”, no Costa Favolosa, com saída em 25 de fevereiro, de Santos. Serão mais de 150 atrações e atividades diárias ministradas por educadores físicos, nutricionistas e especialistas em saúde e bem-estar. Em seis noites, o navio visita as cidades de Búzios, Salvador e Ilhabela.

Outro temático de sucesso é o “Dançando a Bordo”, que tem como padrinho o dançarino Carlinhos de Jesus e chega à 15ª edição. O cruzeiro parte de Santos, em 3 de março, e tem oito noites, passando por Buenos Aires, com direito a pernoite, e pela capital uruguaia, Montevidéu, antes de retornar ao porto santista em 11 de março. Mais de 50 professores de dança, nacionais e estrangeiros, promoverão aulas de diversos ritmos, como bolero, salsa, forró, zouk, sertanejo, samba e tango.

O projeto “Emoções em Alto-Mar” volta a um navio da Costa, o Favolosa, entre os dias 31 de janeiro e 4 de fevereiro, saindo de Santos e visitando destinos como Rio de Janeiro, Ilhabela e Angra dos Reis.

Foco em internacional
Os agentes treinados também puderam conhecer um pouco dos roteiros internacionais da armadora, como o que passa por Dubai, Oman e Emirados Árabes e o que navega no oceano Índico. Também há novos itinerários a bordo do Costa Victoria, passando por Tailândia, Singapura e Camboja, e do Costa Neorromântica, que passa por Japão, Taiwan e Coréia do Sul. A empresa também possui o cruzeiro de Volta ao Mundo, com 106 noites de duração.

“Queremos focar no internacional, pois identificamos que a Costa não é lembrada neste segmento, apesar de ser reconhecida pelo preço e pela qualidade no Brasil. Nossa meta é que, até 2020, o internacional corresponda a 50% das vendas no País”, diz Calabria. Para isso, a empresa customizou dois navios (Diadema e Luminosa) para o público brasileiro, com comunicação em português (cardápios e diário de bordo) e mais tripulantes falando o idioma.

Em 2018, a Costa deve receber seu novo navio, o Smeralda, para 6.554 pessoas, o maior do mundo em capacidade. Ele será movido a Gás Natural Liquefeito, um combustível menos agressivo ao meio ambiente. O Venezia é outro navio em construção, que deverá ficar dedicado ao mercado asiático.

Retorno positivo
Os agentes que participaram dos treinamentos aprovaram a iniciativa e as novidades apresentadas. “Temos boa demanda para cruzeiros internacionais e vender cruzeiro com aéreo, no pacote Air&Sea, é mais fácil”, diz Cristiano Prazeres, da Nassau Turismo, do Recife.

O alto valor das taxas portuárias no Brasil foi tema levantado por agentes de Maceió, durante a visita que contou com a presença do secretário de turismo de Alagoas, Rafael Brito. Ele almoçou com Calabria e com René Hermann, diretor da Costa para América do Sul. Os executivos relataram problemas operacionais relativos ao porto da capital. “Eu me comprometi a ajudar junto ao ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella. Esperamos que, no próximo ano, possamos ter muito mais que oito navios em Maceió”, declarou.

Entre os agentes do Rio de Janeiro e de São Paulo, o destaque foram as experiências promovidas a bordo, como ressaltaram Lourdes do Prado Silva, da Oceanside Viagens e Turismo, e Marianne Saramago, da Ematur. “Foi diferente das visitas técnicas convencionais, nos possibilitou vivenciar a rotina do navio”, disse Marianne. “É importante conhecermos os shows, a gastronomia, um pouco da vida noturna, pois são argumentos de venda”, declarou Lourdes.

Gabriela Godoy, do Hotel Urbano, participou pela primeira vez de uma viagem em navio de cruzeiro. “É um produto que eu vendia sem conhecer. Apesar de não ter contato direto com o passageiro, vai nos ajudar na divulgação. Vou poder escolher fotos que melhor traduzam o ambiente, por exemplo”, afirmou.

Conceito italiano
A Costa Cruzeiros se destaca pelo conceito Italy´s finest, que traz o melhor do estilo italiano. Parcerias com marcas italianas como café Illy, aperitivo Aperol, massas Barilla, sorvetes Agrimontana e vinhos da região de Trentino proporcionam uma autêntica imersão gastronômica nas delícias do país europeu, com menus desenvolvidos pelos chefs com estrelas Michelin Fabio Cuchelli e Bruno Barbieri.

São 13 bares e cinco restaurantes, com destaque para os a la carte Samsara e Costa Club, que oferecem gastronomia internacional refinada e são cobrados à parte (cerca de US$ 40 por pessoa). No Samsara, é possível degustar iguarias como vieira e, no Costa Club, camarões e filé mignon à vontade. Uma novidade da temporada é a máquina que faz muçarela de búfala a bordo, o que garante um queijo fresco e saboroso. Há, ainda, uma pizzaria com massas de fermentação natural e hamburgueria gourmet com carne Fassona 100% italiana.

Além da gastronomia de qualidade, outro destaque da armadora é o entretenimento. Toda noite há shows no teatro, que vão desde música, dança, acrobacias e comédia até espetáculos com lasers. Além disso, a Costa detém os direitos do The Voice e realiza a competição The Voice of The Sea, em que os hóspedes participam de audições durante a viagem e são avaliados por um júri de oficiais ao final do roteiro.

Diferentes tipos de música embalam os diversos bares do navio e fazem um “esquenta” para as festas temáticas: as mais tradicionais são a festa italiana, a noite das máscaras e o baile do branco. Encerrando a noite, a boate funciona até o último hóspede se retirar. Para quem não é das pistas de dança, há, ainda, o cassino.

A idade mínima para deixar os pequenos na recreação é de três anos, e há programações específicas para cada faixa etária, inclusive aos adolescentes.
Além das excursões nas cidades de parada, o navio oferece muitos atrativos para curtir o dia: quatro piscinas, cinco jacuzzis, quadra poliesportiva, circuito de jogging ao ar livre, telão gigante ao ar livre com cobertura retrátil, toboágua, biblioteca, lojas, cinema 4D, simulador de Fórmula 1 e espaço para crianças.

Frequentemente a tripulação prepara surpresas para os hóspedes, como coreografias à beira da piscina. Mas, se o objetivo é relaxar, a pedida é o spa Samsara, com piscinas de água do Mediterrâneo para talassoterapia, salas de tratamento para pele e massagens, sauna, banho turco, solarium de raios UVA e salão de beleza.

O design interior do Costa Favolosa, construído em 2011, é assinado pelo arquiteto americano Joseph Farcus e remete a um castelo de contos de fadas. O imponente átrio com piano bar e elevadores panorâmicos é enfeitado com granito, pedras preciosas e cristais, numa decoração suntuosa e colorida.

Ao todo, são 1.508 cabines, divididas entre internas, externas, externas com varanda e suítes de luxo com varanda e jacuzzi. A capacidade total de passageiros é 3.800 pessoas mais 1.100 tripulantes. A meta, segundo Alex Calabria, é que o navio tenha ocupação total em todas as saídas na temporada sul-americana.

*A jornalista viajou a convite da Costa Cruzeiros, com seguro-viagem Affinity

Deixe uma resposta