Costa do Sauípe recebe nova turma em programa de estágios

Por: Rafael Lima

 

Com o objetivo de gerar oportunidades de vagas de estágios aos novos talentos formados por escolas de Hotelaria e Gastronomia, bem como apresentar como é a rotina de um grande resort, a Costa do Sauípe realizou, durante três meses, mais uma edição do Programa de Estágios Costa do Sauípe. A iniciativa, promovida pelo complexo em parceria com o Centro Europeu por oito anos, também contou, nesta edição, com a participação da Universidade Salvador – UNIFACS e Faculdade Ruy Barbosa, ambas da Bahia.

 

No total, 19 alunos tiveram a oportunidade de conhecer as diversas áreas do resort entre os dias 18 de dezembro de 2013 e 10 de março de 2014. Os alunos de gastronomia, por exemplo, conheceram todas as cozinhas e setores de alimentos do complexo, tais qual cozinha quente, garde manger, confeitaria, açougue e padaria. Já os estagiários de Hotelaria tiveram contato com as diferentes propostas e estilos da Costa do Sauípe.

 

A novidade foi a inclusão de oito formandos da UNIFACS e Faculdade Ruy Barbosa. Esta foi a primeira vez que instituições de ensino da Bahia participaram do Programa de Estágios, fato ressaltado por Margareth Oliveira, gerente de gente & gestão da Costa do Sauípe. “É um grande prazer abrir as portas para formandos da nossa região. Esta oportunidade serve também para reforçar a ligação entre o resort e o estado da Bahia, especialmente para o desenvolvimento de novos talentos”.

 

A executiva também explicou a importância do programa: “Essa parceria é muito proveitosa, pois permite uma troca de conhecimentos, vivências e cultura entre os estudantes e os funcionários do complexo”.

 

“O objetivo é proporcionar aos estudantes a percepção real sobre as possíveis atuações no mercado, com todos os prazeres, desafios e situações inusitadas que podem acontecer no dia a dia. Por outro lado, consideramos esse programa de estágio um intercâmbio cultural importantíssimo para os nossos colaboradores, pois eles recebem todo o conhecimento, disposição e vontade de inovar que esses estudantes trazem”.

 

 

RL

Deixe uma resposta