Costa Smeralda tem embarque adiado para 30 de novembro

Motivo para alteração na data da Costa Smeralda seria atrasos no estaleiro de Meyer Turku, na Finlândia

0
Costa Smeralda
O Costa Smeralda é o primeiro navio da companhia marítima movido a gás natural liquefeito (GNL).

A Costa Cruzeiros anunciou novo plano inaugural para o flagship Costa Smeralda. Atrasos na construção do estaleiro de Meyer Turku, na Finlândia, farão com que roteiros de sete noites pelo Mediterrâneo comecem em 30 de novembro. Os embarques acontecem de Savona, na região da Ligúria, na Itália.

Mesmo com a decisão, o itinerário do transatlântico permanece inalterado. Será uma semana no Mediterrâneo Ocidental, com embarques em Savona (sábado), com visitas a Marselha (domingo), Barcelona (segunda-feira), Palma de Maiorca (terça-feira), Civitavecchia (quinta-feira) e La Spezia (sexta-feira).


LEIA MAISCosta Cruzeiros reformula organização para América do SulCosta Cruzeiros anuncia mini cruzeiro para março de 2020Costa Cruzeiros assina acordo “Gênova Azul” e anuncia investimentos

“Infelizmente, a estrutura na Finlândia precisa de mais tempo para garantir que o Costa Smeralda faça seu trabalho como queremos. Lamentamos profundamente esse atraso e pedimos desculpas pelo inconveniente aos que já reservaram o cruzeiro”, afirma Neil Palomba, presidente da Costa Cruzeiros.

Sustentabilidade

O Costa Smeralda é o primeiro navio da companhia marítima movido a gás natural liquefeito (GNL). Além dele, o Costa Toscana, com entrega marcada para 2021, será o segundo com a tecnologia.

A introdução do abastecimento de GNL permite a eliminação – quase total – das emissões de dióxido de enxofre e material particulado.


Leia Também:

Cruzeiros injetam mais de R$ 2 bilhões na economia brasileira em 2018/19
MSC anuncia itinerários internacionais para 2020/2021; veja
MSC aponta Michael Ungerer como CEO do segmento de luxo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here