Covid-19: governo (SP) fecha shoppings e academias

João Dória aconselhou que a população evite quaisquer tipo de aglomeração e anunciou apoio de farmácias na campanha de vacinação

Governo de SP
João Dória, Governo de SP

Nesta quarta-feira (18), João Dória, governador de São Paulo recomendou o fechamento de shoppings e academias na capital até 30 de abril. A iniciativa faz parte do pacote de ações adotadas para evitar a disseminação do Covid-19 (coronavírus).

Em parceria com o governo, cerca de mil farmácias vão ajudar na campanha de vacinação a partir de segunda-feira (23). O órgão determinou também a limitação de público no Detran e Poupatempo.

“Nossa prioridade é salvar vidas. Essa recomendação é para combater a disseminação do vírus. Faço um apelo aos contratantes que utilizem medidas alternativas e não demitam. Aos consumidores, utilizem aplicativos para compras online por meio de serviço de entrega”, ressalta.

Segundo Dória, serão disparados pela Tim, Vivo e Claro mensagems de textos para 15 milhões de pessoas informando sobre condutas e procedimentos de saúde pública.O governo também irá ampliar a entrega de medicamentos.

Diariamente às 18 horas serão enviados informativos para todos os prefeitos do estado com as iniciativas governamentais. Serão destinados R$275 milhões do Banco de Desenvolvimento do Estado de São Paulo para ações de enfrentamento ao coronavírus. Micro e pequenas empresas estão entre as prioridades para o recebimento.

“Este crédito está destinado as empresas de setor de turismo, economia criativa e comércio. Gostaria de ressaltar restaurante, bares, cafés e similares. As linhas de créditos estão disponíveis através do Banco de Desenvolvimento e o Banco do Povo para microcrédito”, pontua.

Leia mais:

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui