Cresce procura por intercâmbio no primeiro semestre

Por: Camila Oliveira

 

A BEX Intercâmbio, agência com mais de 20 anos de atuação no mercado de intercâmbio cultural e presente em dez cidades brasileiras, registrou 25% de aumento na procura por intercâmbio no primeiro semestre do ano.

 

Segundo o diretor-geral da Bex Intercâmbio, Flávio Crusoé, também especialista em enviar estudantes e profissionais para várias partes do mundo, relaciona uma série de dicas para quem se prepara para fazer um intercâmbio. “Ressalto que é importante ficar atento à cultura dos outros países e estudar os costumes de cada região. Uma vez que o intercambista pesquisa e se intera sobre a tradição de um país, os estudos e a adaptação no país de destino são mais bem sucedidos”, relata.

 

O intercambista, ao chegar ao local, precisa pegar informações úteis sobre transporte e sobre a cidade. Na escola onde fará o curso escolhido, é fundamental se informar sobre horários, normas e provas.

 

Sobre o idioma, o especialista adverte para os cuidados com falsos cognatos. Como a pessoa que resolve fazer um intercâmbio já tem o mínimo conhecimento do novo idioma, não custa nada levar um dicionário ou contar até mesmo com um tradutor on-line.

 

Crusoé também alerta sobre a importância de manter toda a documentação em dia e à disposição, além de salientar a necessidade de estabelecer uma comunicação constante com a família e os amigos no Brasil. “Hoje, com facebook, twitter e outras redes sociais, é possível manter uma boa relação com parentes e amigos mesmo à distância”.

 

A agência de intercâmbio é conveniada com mais de 70 instituições de ensino em 30 países.

 

CO

Deixe uma resposta