CVC espera salto de vendas para os Estados Unidos com reabertura

A CVC foi uma das operadoras presentes no IPW 2021 e que também foi surpreendida com o anúncio da reabertura das fronteiras americanas

Alexandre Vanzella, diretor de Produtos Internacionais da CVC Corp
Alexandre Vanzella, diretor de Produtos Internacionais da CVC Corp

A CVC já projeta uma alta exorbitante nas demandas para os Estados Unidos, a partir deste mês. A empresa é uma das principais emissoras de viajantes do Brasil para os EUA e com o anúncio da reabertura das fronteiras em novembro já projeta um fim de ano com índices em alta.

A CVC foi uma das operadoras presentes no IPW 2021 e que também foi surpreendida com o anúncio feito na segunda-feira (20), pouco antes do início das reuniões promovidas pela feira.

Com o anúncio repentino, uma das preocupações da operadora deixou de ser quando poderiam retornar os esforços de vendas aos Estados Unidos e passou a ser como conter e lidar com o pico de reservas que começaram a serem feitas imediatamente após o anúncio.

“Nos reunimos no dia anterior a notícia para tratar de estratégia e, logo em seguida, todo aquele planejamento já tinha ficado passado. Agora muda tudo”, afirmou Alexandre Vanzella, diretor de Produtos Internacionais da CVC.

“A alta do turismo doméstico nos Estados Unidos nos últimos tempos encareceu a tarifa média, mas o brasileiro tem a intenção de viajar tanto a curto quanto a longo prazo e ele ainda está buscando entender esse momento para melhor planejar”, concluiu o executivo.

Deixe uma resposta