De maio até agosto, 415 milhões de turistas. É a previsão da OMT

Por: Antonio Euryco

A previsão a nível mundial é de crescimento nas viagens de turistas  internacionais, mantendo a tendência dos primeiros meses de 2012, quando foi de  5% e até um pouquinho mais.  A Organização Mundial do Turismo comemora estes números apesar das incertezas econômicas que persistem em alguns dos principais mercados emissores.

 

O último barômetro da organização mostra que as perspectivas continuam positivas para o período entre maio e agosto, na alta temporada do hemistfério Norte, com a movimentação de 415 milhões de turistas viajantes.

 

Entre janeiro e abril, foram 258 milhões, 15 a mais do que em idêntico período do ano passado. Os melhores resultados (8%) foram registrados na Ásia e Pacifico e na África, inclusive na recuperação de alguns destinos que haviam sofrido declínio em 2011, por questões atípicas, como Japão, Tunisia e Egito, destinos turísticos de longa tradição.

 

No Japão, é uma recuperação clara, com o incremento de 40% de chegadas nos cinco primeiros meses do ano passado.  O Norte da África é outra região de registros positivos, como na Tunísia (48% a mais) e o Egito (29%).

 

E as Américas ? Também cresceram acima da média (6%), com resultados válidos em quase todos os destinos. A Europa foi quem teve menos, explicável pela situação econômica vigente na eurozona, ainda assim com mais 4%.

 

O índice confiança da OMT confirma que a evolução do comportamento turístico nos quatro primeiros meses do ano esteve ligeiramente acima das expectativas do inicio de 2012. Daí a expectativa da alta temporada  ao redor de 415 milhões viajando entre maio e agosto.  Nos últimos anos, este período tem representado 41% do movimento total anual.

 

As reservas aéreas atyravés da ferramenta de reservas Forwardkeys, instrumental incluído pela primeira vez na cotação de dados gerais do Barômetro OMT do Turismo Mundial registraram alta de 5%. O setor aéreo é um indicador importante pois representa quase a metade do total de viagens internacionais.

 

Estes indicativos continuam mantendo a expectativa de crescimento para o turismo mundial neste ano de 2012, entre 3% a 4%, passando pela primeira vez da soma total de 1 bilhão de viajantes, justamente no ano onde foi indicado pelo G20 como um dos setores que podem respaldar a recuperação econômica mundial. .

 

Vale lembrar ainda que o turismo sustentável também foi incluido no documento final da Conferência das Nações Unidas, Rio+20, como um setor que – devidamente planificado e com gestão adequada – pode representar uma contribuição significativa aos tres pilares de desenvolvimento: econômico, social e ambiental.

 

AE

 

 

Deixe uma resposta