De olho no turismo gastronômico, Pará investe na formação de sommelier

Por: Rafael Lima

 Atenta ao crescimento do turismo de gastronomia e clientela exigente, a Secretaria de Estado de Turismo (Setur) e a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) promovem o Curso de Sommelier – certificado em nível básico internacional pela Federazione Italiana Sommelier Albergatori Ristoratori (FISAR), numa parceria com a Universidade de Caxias do Sul (UCS). O curso será ministrado pelo professor doutor e membro da associação estrangeira, Roberto Rabachino, nos próximos dias 24 e 25 de setembro, no Hotel Radisson. A iniciativa faz parte de uma das ações desenvolvidas pela Escola de Gastronomia da Amazônia.

 

O secretário-adjunto de Turismo da Setur, Álvaro do Espírito Santo, explicou como surgiu e os motivos dessa formação altamente especializada. “Notamos que há uma carência desse profissional em nosso setor gastronômico e daí a necessidade de promover um curso que venha suprir essa lacuna na gastronomia de alto padrão”, disse.

 

O curso inclui e apresenta temas como a análise sensorial, história da videira e da viticultura, a viticultura européia, a viticultura brasileira, a viticultura chilena e argentina, categorização dos alimentos e dos vinhos, a produção dos variados tipos de vinhos, o uso dos vinhos na cozinha moderna, a conservação dos vinhos, a carta dos vinhos, o serviço e a abertura, além de técnicas de harmonização entre alimento e vinho.

 

Voltado para chefs de cozinha, enoapaixonados, profissionais do setor vitivinícola, enólogos, agrônomos, entre outros profissionais, o curso tem como objetivo principal suprir uma carência desse profissional altamente especializado no setor gastronômico paraense.

 

 

 RL

Deixe uma resposta