Delta Air Lines adquire 20% em participação acionária no grupo Latam

A oferta final da companhia aérea norte-americana chegou a US$ 1,9 bilhão e tem como objetivo firmar uma parceria que beneficia, principalmente, ao continente americano
Delta Air Lines

Com o investimento de US$ 1,9 bilhão, a Delta Air Lines comprou 20% das ações do grupo Latam e agora tem participação nas movimentações da organização chilena. O aporte faz parte da estratégia da companhia norte-americana de investir em ações de companhias aéreas parceiras em todo o mundo.

“Estamos ansiosos para trabalhar com a Latam e criar uma parceria de classe mundial. Isso dará acesso sem paralelo em todas as Américas”, afirma Steve Sear, presidente da Delta e vice-presidente internacional e executivo de Vendas Globais. Ainda para o executivo, esse tipo de movimentação auxilia no alinhamento de parcerias da empresa.

Conclusão do negócio

Em setembro, a Delta e a Latam divulgaram uma parceria estratégica, o que inclui agora a participação acionária da norte-americana e também uma joint venture comercial. Têm-se que o acordo pode dar acesso a 435 destinos ao redor do globo para as companhias.

Além disso, um codeshare entre elas para voos operados por determinadas afiliadas da Latam na Colômbia, Equador e Peru se inicia no primeiro trimestre de 2020. A conectividade chega a até 74 destinos nos Estados Unidos e até 51 destinos na América do Sul.

Os acordos aprimorados de cooperação e compartilhamento de código estão sujeitos a aprovações governamentais e regulamentares.


Leia Também:

– Delta Air Lines anuncia cardápio voltado à gastronomia sul-americana
– Latam anuncia três rotas no Brasil; confira as frequências
– Latam implementa despacho de bagagem automático no Rio de Janeiro

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui