Delta mantém voo sazonal entre Rio de Janeiro e Nova York em 2020

A NYC Company comemora a decisão da companhia, que conectará Nova York ao terceiro principal mercado de longa distância do destino

0

A Delta Air Lines continuará seus voos sazonais entre o Aeroporto John F. Kennedy, de Nova York, e o Aeroporto Internacional Tom Jobim – Rio Galeão, do Rio de Janeiro, promovendo as viagens de férias e Carnaval. O voo, que será uma nova opção ao voo noturno entre Rio de Janeiro e Atlanta, partirá dos Estados Unidos às noites e retornará pela manhã.

Nesta terceira temporada da rota, que será operada entre 3 de janeiro de 2020 a 9 de março de 2020, a companhia usará um B767-300ER. A aeronave é capaz de transportar até 225 passageiros.


LEIA MAIS:
+ NYC & Company leva agentes da América Latina para Nova York
+ American e British Airways unificarão operações em Nova York
+ Nova York recebe 906 mil brasileiros em 2018 e bate recorde

“Na Delta, adaptamos continuamente as opções da nossa rede para atender às demandas dos clientes. Nossa rota sazonal que liga Nova York ao Rio de Janeiro, de janeiro a março, oferece aos nossos clientes a conveniência de um voo sem escalas conectando dois mercados importantes: negócios e lazer”, disse Fábio Camargo, diretor da Delta no Brasil.

A Delta opera mais de 200 voos por dia que partem do aeroporto JFK para quase 90 destinos ao redor do mundo, e quase 20 desses destinos estão na América Latina e no Caribe.

Comemoração em Nova York

A NYC Company, organização responsável pela promoção turística da cidade de Nova York, elogiou a decisão da aérea de retornar o voo sazonal Rio de Janeiro – Nova York. Isso se dá, principalmente, pelo fato do Brasil ser o 3º principal mercado internacional de longa distância para Nova York.

“O voo diário e sem escalas entre os aeroportos JFK e Galeão na alta temporada certamente irá atender um grande número de passageiros do Rio de Janeiro, que poderão conferir atrações recém-inauguradas em Nova York”, diz Danielle Roman, CEO e Interamerican Network, representante do destino no Brasil e na América do Sul.

O destino recebeu, em 2018, cerca de 906 mil visitantes brasileiros. Para 2019, na expectativa é chegar a um montante de 939 mil. Por isso, a organização vem apostando na divulgação de Nova York e investindo, por exemplo, no mercado de luxo.


LEIA TAMBÉM:
- Avianca Brasil deixa de operar em Miami, Nova York e Santiago em março
- Escritório de Turismo de Nova York anuncia novo escritório em Singapura
- Nova York investirá US$ 13 bilhões em ampliação do aeroporto JFK

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here