Delta registra queda no tráfego de passageiros da América Latina em junho

A queda no tráfego no mercado latino-americano de 1,7% pode ser explicada pelo decréscimo na capacidade, que foi de 3,3% frente ao mesmo período do ano passado

0

A Delta Air Lines divulgou, nesta quarta-feira (3), o desempenho operacional de junho. A companhia transportou cerca de 18,9 milhões de clientes por meio de sua rede global, número este considerado recorde para o mês e que representa um aumento de 6,9% frente ao mesmo ínterim de 2018. No último dia 21, por exemplo, a aérea atendeu 697.745 passageiros em um único dia. Além disso, no geral, a empresa registrou um aumento de 6,2% no tráfego (RPM) e de 4% na capacidade (ASM).

No mercado doméstico dos Estados Unidos, o tráfego cresceu 8% se comparado ao mesmo período do ano passado, saindo de 13.078.646 para 14.118.714. Seguindo o mesmo crescimento, a capacidade também registrou acréscimo de 4,4%, totalizando 15.524.931.

Já no mercado internacional, o crescimento no tráfego e na capacidade foram de 3,4% e 3,3%, respectivamente. Contudo, é importante ressaltar que, enquanto os mercados atlântico e pacífico demostraram crescimento em ambos os pontos, o mercado latino-americano registrou queda de 1,7% no tráfego e de 3,5% na capacidade.


LEIA TAMBÉM:
- Delta lança aplicativos mobile para suporte aos clientes; confira
- Delta terá novas cabines nos Boeings 767-400 a partir de novembro
- Delta comemora 90 anos de operação e relembra conquistas

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here