Dúvidas sobre GDS ainda são constantes entre agentes de viagens

0
Michelle Tonon (Mobility) e Bruna Uliani (Amadeus)

A Amadeus conduziu uma capacitação para os agentes de viagens do Festival JPA, toda voltada à inovação e tendências. A discussão central do encontro ficou por conta do GDS (Global Distribution System), sistema que faz a intermediação eletrônica entre as agências de viagens e as companhias aéreas, hotéis, locadoras de veículos, operadoras etc. Ainda que a tecnologia seja uma tendência já muito utilizada no Turismo, parece que muitas agências não aderiram ao modelo para otimizar suas operações.

“Os agentes que participaram da capacitação ficaram chocados quando eu falei sobre os benefícios do GDS e a necessidade de segmentar o atendimento para não brigar com as OTA’S. Eles ainda confundem muito o conceito de GDS com o de consolidadoras. Há muitas dúvidas”, explicou Bruna Uliani, executiva Comercial da Amadeus e responsável por realizar a capacitação.

Para Bruna, o funcionamento da indústria do Turismo mudou e muitas agências só sabiam vender para a parcela de clientes que migrou para as OTA’s. “Hoje, 65% dos processos de um agência de viagens são operacionais. Isso faz com que o agente dedique muito mais tempo às reservas e emissões que ao contato com o cliente. O problema é que, para ser diferente das plataformas de vendas online, as agências precisam oferecer uma consultoria, e isso requer contato mais próximo com o cliente. Aí que entra o GDS, uma solução que canaliza o formato de atendimento e deixa o agente com mais tempo livre para focar na venda”, pontuou.

Além do tema GDS, a capacitação ainda teve momentos de explicação do próprio sistema da Amadeus e outras informações sobre a Mobility, locadora de veículos parceira da marca de soluções tecnológicas.

Leia mais notícias sobre Feiras e Eventos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here