EasyJet cancela mais de 200 voos

Atraso nos aeroportos e outras restrições são a causa do cancelamento de mais de 200 voos

EasyJet
Foto: reprodução

A EasyJet esperava se aproximar dos níveis de 2019 neste verão, mas uma lista de problemas está tornando improvável que a companhia aérea aproveite ao máximo as viagens de verão.

A transportadora de baixo custo easyJet vai cancelar mais de 200 voos nos próximos 10 dias devido a atrasos nos aeroportos e outras restrições, interrompendo as viagens durante as férias escolares.

A companhia aérea europeia foi atingida por uma série de problemas desde que a remoção das restrições do COVID levou a uma recuperação nas viagens, com muitos aeroportos britânicos lutando para recrutar pessoal de terra suficiente, enquanto a easyJet também enfrentava problemas de TI.

Recentemente, removeu seis assentos de algumas aeronaves A319 para reduzir a tripulação necessária em um. A empresa disse em comunicado no sábado que cancelaria cerca de 24 voos por dia do aeroporto de Gatwick, em Londres, entre 28 de maio e 6 de junho. Foi forçado a cancelar cerca de 200 voos na quinta-feira devido a um problema de TI.

“Lamentamos muito o aviso tardio de alguns desses cancelamentos e a inconveniência causada aos clientes reservados nesses voos, mas acreditamos que isso é necessário para fornecer serviços confiáveis ​​durante esse período movimentado”, afirmou a transportadora aérea.

“Os clientes estão sendo informados a partir de hoje e têm a opção de remarcar seu voo ou receber um reembolso e podem solicitar uma compensação de acordo com os regulamentos.”

Leia também: Galeb Baufaker oficializa criação da Baufa Air

Deixe uma resposta