Embratur: 50 anos impulsionando o turismo no Brasil

Vinicius Lummertz, Marx Beltrão, Herculano Passos e Roberto Jaguaribe

Por Christiane Flores, de Brasília (DF)

A Embratur comemora seus 50 anos atenta ao futuro do Turismo no Brasil. Para celebrar a data, reuniu em Brasília na tarde de hoje (16), autoridades para um fórum de discussões sobre o tema, além de prestar homenagens aos servidores e ex-presidentes do Instituto. Elogiado por seu trabalho à frente da Embratur, Vinicius Lummertz destacou o crescimento do turismo no País desde 2003 que gerou 132% a mais em receitas. Até 2022 a meta é atrair 12 milhões de turistas e gerar 19 bilhões de dólares em receita cambial.

“Mesmo com todos os avanços, ainda esbarramos em burocracias que nos impedem um maior desenvolvimento. Precisamos de uma Embratur mais flexível, pois todo investimento em turismo se paga. Nossa nova campanha de verão, convidando os turistas a retornarem ao País após o sucesso dos Jogos Olímpicos, será faturada apenas no próximo ano, ou seja, depois que os turistas já nos visitaram. São mecanismos como esse que fazem com que o turismo pague sua própria conta. Investir em turismo é ter retorno garantido, e países vizinhos como Argentina, Peru e Chile já descobriram isso. Precisamos seguir esses exemplos e adotar políticas de governo que entendam a importância do turismo para o bem das cidades. Cidades boas para os turistas também são boas para os moradores”, destacou Lummertz. “Com 50 anos de existência, a Embratur acumula experiência e é respeitada dentro e fora do País. Olhamos para o futuro confiantes, tendo o Instituto com base sólida para a construção do turismo no Brasil”, completou.

Marx Beltrão, ministro do Turismo, defendeu a criação de medidas para alavancar o setor, destacou o potencial do País e a parceria com o setor privado, e criticou a burocracia que impede a competitividade com os demais mercados. “Burocracia é uma palavra que queremos tirar dos ministérios, pois só assim avançaremos. Com avaliações positivas após a Olimpíada, chegou a hora de colher os frutos deste legado. Mas para competir internacionalmente, temos que agir. Em 2016 vamos bater recordes no número de turistas e isso se deve muito ao trabalho incansável da Embratur. Esses resultados positivos são só o começo. Vamos trabalhar juntos para continuarmos escrevendo as  boas histórias do turismo nacional”, pontuou.

presidentes-embratur

Ex-presidentes da Embratur homenageados durante cerimônia de agradecimento pelos serviços prestados ao turismo no Brasil

Em apoio e reconhecimento ao trabalho da Embratur, Herculano Passos, presidente da Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados, confirmou a liberação de R$ 400 milhões para investimento na promoção internacional para 2017. “Parabenizo a Embratur pelas propostas para o setor e os incentivos para que a lei seja mais benéfica para o turismo”, afirmou o parlamentar.

O papel do Instituto no desenvolvimento do turismo e como gerador de emprego foi ressaltado por Roberto Jaguaribe, presidente da Apex-Brasil. “Estamos aqui para ajudar. Já temos projetos com a Embratur e interesse em levar a parceria adiante. O Turismo movimenta diversos setores e impacta a economia diretamente. O Brasil mostrou resiliência e a imagem positiva que ficou do País para o exterior deve ser mantida”, destacou o executivo.

selo_embratur

O evento, realizado na Câmara dos Deputados, contou ainda com o lançamento oficial do carimbo comemorativo e do selo personalizado Embratur 50 anos

Deixe uma resposta