Embratur apresenta parques nacionais no maior evento mundial do turismo de aventura

0

O painel “Equilibrando Comercialização e Conservação em Parques Nacionais e Áreas Protegidas” é uma das principais ações da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) durante a Cúpula Mundial de Turismo de Aventura (Adventure Travel World Summit – ATWS), que acontece esta semana, em Salta, na Argentina.

Em dois momentos do evento, nesta quarta (18) e quinta-feira (19), o representante do ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), Pedro Cunha e Menezes, convidado pela Embratur, debate o tema com representantes do Peru e da África do Sul, buscando as melhores práticas e apresentando desafios e soluções alcançadas em cada país.

“A participação do Brasil na ATWS é fundamental para fomentar o crescimento de um dos cinco segmentos prioritários de promoção do Brasil no exterior”, afirmou Alexandre Nakagawa, coordenador-geral de Segmentos Turísticos da Embratur.

Segundo ele, eventos deste porte permitem o fortalecimento com o trade internacional de ecoturismo e turismo de aventura. “E, ainda, estabelecemos novos contatos para ampliar a presença desse produto nos catálogos dos operadores internacionais”, destacou. Além dele, o servidor da Embratur Humberto Pires também representa o Instituto no evento que conta com a presença de mais 40 países e participação de mais de 800 profissionais do setor.

O Instituto oferecerá, ainda, um coquetel aos participantes. Na ocasião, haverá uma apresentação do potencial dos parques brasileiros, por meio de vídeos institucionais. Além disso, haverá apresentação cultural de artistas do Mato Grosso do Sul e também ocorrerão sorteios de pacotes de viagens para destinos de aventura no Brasil, oferecidos por operadores brasileiros.

Dados do setor

O Brasil ocupa a primeira posição no ranking da WTTC (World Travel and Tourism Council) em recursos naturais e é considerado pela ABETA (Associação Brasileira de Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura) como o destino ideal para aventura segura, de acordo com o programa de qualificação e certificação em normas de segurança da Associação.

Segundo o estudo da Demanda Turística Internacional, realizado pelo Ministério do Turismo, considerando que 56,8% das viagens de turistas estrangeiros ao Brasil são motivadas pelo segmento de lazer, o ecoturismo e o turismo de aventura representam cerca de 20% dessa motivação. É o segundo maior, atrás apenas do Sol e Praia. De acordo com a ATTA (Adventure Travel Trade Association), o Brasil é um dos principais destinos de ecoturismo e turismo de aventura do mundo.

A Embratur participa da Adventure Travel World Summit desde 2008, considerada plataforma ideal para comercialização e marketing de relacionamento. A ATWS permite que os participantes realizem diversas atividades que propiciam a comercialização de seus destinos e o aprendizado por meio de palestras e experiências de campo. A rodada de negócios desta edição, por exemplo, terá a presença de representantes de 41 países.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here