Embratur apresenta turismo náutico aos norte-americanos

A Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) participou, na última semana, na cidade de Fort Lauderdale, nos Estados Unidos, do Seatrade Cruise Global 2016, conferência anual do nicho de Turismo Náutico. Anteriormente conhecida como Cruise Shipping Miami, é considerada a mais importante feira do nicho de mercado do segmento. A Abremar (Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos), o BC Port da Ilhabela (SP) e de Balneário Camboriú, Itajaí e São Francisco do Sul (SC) apresentaram o potencial brasileiro no estande da Embratur.

“O mercado de cruzeiros é promissor para o Brasil. Atualmente, atrai mais de 130 mil turistas estrangeiros ao País”, afirmou Gilson Lira, presidente substituto do Instituto. Segundo Lira, com a isenção de vistos durante os Jogos Olímpicos para nações estratégicas, incluindo os Estados Unidos, além das ações de promoção no País, a tendência é aumentar o fluxo desses visitantes para o Brasil.

No estande, o chefe da Assessoria de Projetos e Parcerias da Presidência da Embratur, Marco Lomanto, o chefe de divisão da Coordenação Geral de Segmentos Turísticos, André Netto, e o gerente do Escritório Brasileiro de Turismo em Nova Iorque, Miguel Jerónimo, receberam a visita do cônsul adjunto do Brasil em Miami, Alexandre Scudiere Fontenelle, e das analistas Fernanda Emanuele Klüsener de Figueiredo e Alyssa Baracat.

Entre os investimentos da Embratur no mercado norte-americano, o 2º maior emissor de turistas ao Brasil, que enviou 656 mil pessoas em 2014, destaca-se a promoção dos destinos brasileiros e de oportunidades comerciais durante feiras internacionais, a realização de press trips com a imprensa local e workshops para agentes de viagens. E, ainda, por meio de parcerias com companhias aéreas são veiculadas campanhas durante os voos, a exemplo da que ocorreu em 2015 com a United Airlines.

“Vale destacar que a TAM lançou, no mês passado, uma importante opção de voo do Brasil para os Estados Unidos. A rota entre Brasília a Orlando, na Flórida, amplia a conectividade do País com a América do Norte”, enfatizou Lira. Atualmente, existem 256 frequências semanais diretas, ligando 12 cidades dos Estados Unidos a sete aeroportos brasileiros, mostrando tendência de crescimento das regiões conectadas nesses países.

Informações: www.embratur.gov.br

 

Equipe de Redação

Deixe uma resposta