Embratur prospecta mais frequências aéreas entre Catar e Brasil

A comitiva brasileira também assinou acordo de isenção de vistos para cataris
Embratur
Comitiva de Bolsonaro com Gilson Machado Neto, presidente da Embratur

Em missão no Oriente Médio, um grupo conduzido pelo presidente Jair Bolsonaro estreitou relações com o Catar. A visita culminou em tratativas envolvendo Brasil e o país, como o acordo bilateral para isentar vistos de turistas nativos e a prospecção de voos entre as nações. Gilson Machado Neto, presidente da Embratur, participa da viagem.

No caso da medida de vistos, a validade será de até 60 dias, focando em viagens de turismo e negócios. Além do Catar, a China também foi contemplada com isenção. “Iniciamos conversas com Akbar Al Baker, CEO da Qatar Airways, para aumentarmos o fluxo de voos internacionais”, destaca Machado.

O objetivo com a missão é atrair investidores, em especial para projetos de concessões e privatizações do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI). O presidente e sua equipe já estiveram no Japão, na China e nos Emirados Árabes Unidos.


Leia Também:

Bolsonaro atende Embratur e isenta chineses de vistos
Embratur lança ação “Rei do Rolê” para estrangeiros; confira
MTur e Embratur reforçam investimentos durante fórum na China

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui