Embratur lança portaria para o apoio à captação de eventos internacionais

Por: Chris Flores

O Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) lança hoje, dia 3, no Diário Oficial da União, portaria assinada pelo presidente Vinícius Lummertz, que regulamenta o Programa de Apoio à Captação e Promoção de Eventos Internacionais. Instituições públicas ou privadas sem fins lucrativos poderão participar com projetos de ações no exterior específicas para tornar o País sede de encontros que atraiam o turista de eventos internacionais e de competições esportivas.

 

“Nosso principal objetivo é fomentar o turismo de negócios no território brasileiro, possibilitando maior número de eventos e permanência desses turistas no País, que gastam em média três vezes mais que um turista de lazer. Além disso, queremos promover nossos novos equipamentos para eventos, como os aeroportos e centros de convenções, e mostrar toda infraestrutura do Brasil consolidando nossa competitividade no mercado mundial”, afirmou Lummertz.

 

O apoio direto à realização das ações será viabilizado aos projetos que se mostrarem consonantes com as diretrizes promocionais do Instituto, com as regras e critérios técnicos estabelecidos pela portaria, voltados à realização das ações promocionais no exterior. As propostas aprovadas serão executadas pela Embratur em parceria com os destinos brasileiros.

 

“Vinte e cinco por centro dos turistas que chegam ao Brasil, de acordo com estudo do Ministério do Turismo, vêm a negócios e eventos, demonstrando a importância desse setor para o País. Esses dados refletem ainda como o trabalho da parceria público-privada vem se fortalecendo e como as cidades brasileiras se consolidam entre as lideranças mundiais do setor que mais recebem eventos internacionais”, destacou o presidente.

 

Eventos internacionais no Brasil

 

Conforme dados do Internacional Congress and Convention Association (ICCA), entre 2003 e 2014, o total de eventos passou de 62 para 291, o que representa evolução de 369%. No mesmo período, o número de cidades que sediaram esse tipo de evento subiu 177%, passando de 22 para 61. Ranking divulgado em maio deste ano mostra que o Brasil permaneceu entre os dez países que mais recebem congressos e convenções associativas, tendo passado de 9º para 10º no ranking de 2014.

 

O ranking divulgado mostra que o Brasil permaneceu entre os dez países que mais recebem congressos e convenções associativas, liderado pelos Estados Unidos.

 

Informações: www.embratur.gov.br

 

 

CF

 

Deixe uma resposta