Emerson Sanglard reforça participação da Star Alliance no Brasil; entenda

O profissional assumiu há um mês o cargo de chairman da aliança e tem como objetivo reforçar a presença no País. Não é cogitada a adição de novas companhias
Emerson Sanglard, ex-gerente nacional da Copa Airlines no Brasil

Há um mês, Emerson Sanglard, atual gerente nacional da Copa Airlines, assumiu um novo desafio. Atuando também como chairman da Star Alliance, o executivo afirma que sua chegada visa reforçar o posicionamento da marca no Brasil e consolidando, ainda mais, o grupo como o maior e mais importante do País e do mundo.

“A ideia é buscar consolidar a marca. Só no Brasil são 588 voos e 11 capitais conectadas aos 738 destinos. Em âmbito global, são 19 mil voos diários conectando 1,3 mil aeroportos. Assim, vemos que conta com uma capilaridade muito forte e meu objetivo é reforçar nosso posicionamento e participação”, declara.


LEIA MAIS:Copa Airlines e RCD darão viagem para agentes em nova ação; confiraCopa Airlines completa um ano de operação em SalvadorBelmond Copacabana Palace é escolhido como hotel oficial da Art Rio 2019

De acordo com o profissional, escolhido pelo grupo para o cargo, suas principais atribuições são gerenciar processos comerciais, processos de marketing e comunicação, em união com as companhias aéreas que compõem a aliança, e ser porta-voz da Star Alliance no Brasil.

O executivo é formado em Administração de Empresas pela Universidade Paulista (Unip), pós-graduado em Marketing pela ESPM e com MBA em Gestão Estratégica e Economia pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Além disso, fala inglês, italiano e espanhol. Atua na Copa Airlines há sete anos, onde atuou, anteriormente, como gerente regional da América do Sul.

Futuro da Star Alliance

No último dia 1º de setembro, a Avianca Brasil saiu oficialmente do grupo Star Alliance e, de acordo com Sanglard, não há expectativa de adicionar uma nova companhia à aliança. “Afetou a companhia, mas as outras empresas membros supriram a necessidade como rede”, afirma o executivo.

Mesmo assim, reconhece a importância do Brasil e afirma que, por se tratar de um dos mercados mais importantes da aliança, novos investimentos virão.

Hoje, no Brasil, o grupo conta com 11 companhias aéreas, que são:

  • Air Canada
  • Avianca Holdings
  • Air China
  • Copa Airlines
  • Ethiopian Airlines
  • Lufthansa
  • Swiss International Air Lines
  • South African Airlines
  • TAP Air Portugal
  • Turkish Airlines
  • United Airlines

Leia também:
– Avianca Brasil deixa Star Alliance a partir de setembro
– Star Alliance terá tecnologia de reconhecimento facial em 2020; veja
Star Alliance abre novo lounge no aeroporto de Amsterdã; conheça

1 COMENTÁRIO

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui