Enotel Convention & Resort spa reabre hoje, após reforma milionária

Obra no complexo de Porto de Galinhas contempla os dois hotéis do grupo Enotel no litoral pernambucano e é avaliada em R$ 120 milhões

Enotel
Piscinas centrais compõem o paisagismo dos jardins internos, no projeto da VPRG Arquitetura

Um novo capítulo na história do Enotel Convention & Spa Porto de Galinhas está prestes a começar. O resort no litoral pernambucano reabre as portas hoje (1º de outubro) com novas estruturas e oferta de serviço totalmente reformulada. Só um aspecto não muda: o foco em proporcionar experiências inesquecíveis aos hóspedes.

Enotel
Idalina Pestana, CEO Enotel

As mudanças já estavam no planejamento do grupo português, antes mesmo da pandemia de covid-19 assolar o planeta. O cronograma no País foi mantido durante esse período crítico e incluiu adequações de segurança, higiene e distanciamento social, voltadas aos novos tempos. Em entrevista exclusiva ao Brasilturis Jornal, Idalina Pestana, CEO da rede Enotel Hotels, explica o redirecionamento da estratégia e adianta o que os hóspedes irão encontrar no complexo pernambucano.

Diretamente da matriz, na Ilha da Madeira, em Portugal, ela ressalta que a pandemia levou o grupo a optar por atrasar o plano de expansão que estava em curso e direcionar todos os recursos para beneficiar as unidades em operação: Enotel Convention & Spa, reaberto hoje, e Enotel Acqua Club, que começa a operar no início de 2021. A obra no complexo pernambucano é avaliada em R$ 120 milhões e reforça a importância do mercado brasileiro para a rede.

Lazer para todos

Com 160 mil m2 de área, o complexo irá manter o posicionamento de atender a todos os perfis de público e nichos de mercado. “Cada espaço foi pensado estrategicamente para criar serviços que venham a suprir as necessidades e interesses específicos. Incluímos facilidades e estamos implementando um novo modelo organizacional e logístico de operação nos hotéis, que reabrirão totalmente adaptados a uma lógica de serviço pensada para gerar confiança”, pontua a CEO do grupo Enotel.

Essas facilidades ampliam a qualidade do serviço e incluem novos padrões de segurança e higiene, além de oferecer mais área útil para experiências de lazer ao ar livre. Entre as novidades estruturais, Idalina destaca a instalação de dois rios lentos, duas piscinas de ondas, remodelação da fachada do Enotel Convention & Spa, novo projeto de paisagismo e reformulação do spa, bares e restaurantes. Alimentação é um quesito à parte, já que todo o conceito gastronômico foi reformulado (saiba mais no box).

Outro destaque em termos de estrutura é o restaurante Papoula, o principal do Enotel Convention & Spa. Antes operando apenas no piso térreo, ele agora ocupa dois andares e projeto novinho em folha! A escada já existia no projeto inicial e um elevador foi adicionado para facilitar o acesso a pessoas com dificuldade de locomoção. O projeto foi elaborado e executado pelos arquitetos Vera Pires e Roberto Ghione, da VPR Arquitetura.

“Para que o prédio não agrida o local privilegiado onde está localizado, os arquitetos criaram um projeto de design especial em todo o entorno, além de incluir uma nova escada e ornamentos de madeira. O resultado é um espaço supermoderno, com um toque rústico na área externa e total integração com a natureza”, comemora Regina Biondi, diretora comercial do grupo no Brasil.

Novas opções de entretenimento adulto e infantil, ferramentas tecnológicas e o relançamento do programa de fidelidade Enotel Club – com conceito novo, mais dinâmico e focado em experiências únicas – são os destaques em termos de serviços. No caso do Enotel Acqua Club, a reforma inclui ainda o redimensionamento da recepção – com a proposta de oferecer atendimento personalizado e com conceito acolhedor -, e remodelação dos apartamentos.

  • Enotel
  • Enotel
  • Enotel
  • Enotel

Entre as adequações desenvolvidas em decorrência da pandemia, a CEO reforça a adoção de protocolos rigorosos de sanitização, com normas específicas para limpeza e desinfecção de todas as áreas; novo layout e organização de mesas para garantir o distanciamento social – que também é demarcado no piso, nas áreas comuns -; obrigatoriedade do uso de máscaras; e readequação dos espaços do centro de convenções, bem como limitação da capacidade de público nas salas.

Toda a equipe de colaboradores foi treinada e recebeu o equipamento de proteção adequado, de acordo com a função. Vale mencionar também que os protocolos não são somente teóricos: eles foram colocados em prática, com grupos reduzidos de convidados, para garantir que realmente funcionem.

“A localização à beira mar, a variedade dos serviços oferecidos e a qualidade dos nossos recursos humanos são itens fundamentais para tornar a experiência do hóspede única e inesquecível. A aposta em tecnologia foi essencial para garantir o distanciamento social e permitirá garantir que todas as necessidades dos hóspedes sejam atendidas, mantendo um serviço eficaz e a qualidade de serviços que nos caracteriza”, finaliza Idalina.

GASTRONOMIA ESTRELADA

O chef pernambucano Sílvio Romero assume o comando do complexo que teve todo o seu projeto gastronômico reformulado. Muito além de mudanças no layout, migração para o serviço assistido nas estações de show coking e oferta de lanches individualizados e embalados nos bares 24 horas – ações que foram realizadas como medidas de segurança a clientes e colaboradores – a proposta é ampliar a experiência do hóspede nesse quesito, por meio de um conceito culinário arrojado que combina clássicos mundiais com tendências atuais.

Enotel
Com 25 anos de experiência, chef Silvio Romero é conhecido pelo cuidado na escolha dos insumos

Com 25 anos de experiência, Romero se qualifica como um chef adepto da boa gastronomia. Reconhecido pelo cuidado na escolha de insumos e pela dedicação à mentoria das equipes, ele ressalta a priorização de ingredientes frescos, livres de aditivos químicos e de gordura trans, em todos os cardápios. “Toda a preparação será realizada no momento do atendimento ao hóspede, criando uma experiência única e personalizada”, destaca.

Esse cuidado é marcante desde o início da carreira, quando Romero chefiou o restaurante Chez Georges, em Recife (PE). “Fomos pioneiros no que se tornaria um movimento de reconhecimento à gastronomia, o que resultou em muitos prêmios e reconhecimento público”, relembra.

A atuação no empreendimento de Georges Andrea Thévoz, restauranter suíço formado pela Ècole Hortelière de Lausanne, trouxe ao chef essa premissa de servir pratos que equilibram o novo e o clássico. “Isso me definiu como profissional, permitiu que eu repassasse conhecimento da mesma forma que eu havia recebido e me ajudou a ter a maturidade para hoje, à frente desse empreendimento, trazer uma proposta de respeito ao público, com a condução e formação de equipes qualificadas para manter o projeto”, finaliza.

Deixe uma resposta