Espírito Santo aposta em turismo para movimentar economia da região

De acordo com levantamento do governo do estado, 166 mil pessoas trabalham em alguma área do setor turístico no Espírito Santo

0
Dorval Uliana, secretário de turismo do estado do Espírito Santo
Dorval Uliana, secretário de turismo do estado do Espírito Santo

O estado do Espírito Santo está com expectativas de que o turismo seja protagonista nos próximos anos. A expectativa é acompanhada por indicadores divulgados pelo governador Renato Casagrande, destacando a importância da atividade para a população.

Ao todo, 166 mil pessoas se ocupam nos setor de turismo no Espírito Santo, sendo principalmente em áreas como alimentação, transporte, alojamento, cultura, desportiva, entre outras. Destas, 43.156 mil são vínculos CLT, ou seja, 6,1% das funções no estado.

O rendimento médio real habitual dos trabalhadores das atividades turísticas no Espírito Santo foi estimado em R$ 1.894,71 no 3° trimestre de 2019.

De acordo com Casagrande, os resultados da pesquisa são positivos e o estado pode crescer ainda mais no turismo. “Conhecer os turistas é muito importante para nossa política de trabalho. Temos que dar a condições de infraestrutura e serviços essenciais”, afirma.

O governador cita ainda que o trabalho em melhorar o estado deve ser realizado principalmente para os próprios capixabas. “Estamos aumentando os investimentos em infraestrutura, que é fundamental para aumentar a atividade turística”, conclui.

A pesquisa com todos indicadores está disponível em um painel online, resultado da parceria entre a Secretaria de Turismo (Setur-ES), o Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN) e a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes).

A atualização das informações estatísticas será realizada a cada três meses.

Réveillon Capixaba

Turistas de cinco países e de 22 estados brasileiros escolheram o Espírito Santo para passar o Réveillon. Os dados foram coletados na pesquisa realizada pela empresa Qualitest, contratada pela Setur-ES). A abordagem ocorreu no dia 31 de dezembro nas praias de Vitória, Vila Velha e Guarapari. Dos 600 entrevistados, 96,3% recomendam o destino para outras pessoas.

Os resultados do Observatório do Turismo do estado mostram que a maioria dos turistas eram homens (53,5%) na faixa etária de 16 a 30 anos, acompanhados de familiares e amigos. A principal motivação da viagem foi lazer e visita a amigos.

A maioria ficou hospedado em casa de amigos (53,1%), 18,4% em casas alugadas e 17,0% em hotéis. O gasto médio foi de R$ 117,81/dia e o meio de transporte utilizado para chegar ao estado foi carro próprio (59,1%), ônibus (24,2%) e avião (21,2%).

Questões relativas a infraestrutura, segurança e limpeza pública foram avaliadas como boas, assim como o transporte público.


Leia Também:

– Espírito Santo destaca observação de baleias para turismo em 2019
– Espírito Santo: litoral está livre de óleo, afirmam autoridades
– Espírito Santo recebe 15ª edição da feira de Agroturismo Ruraltur

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here