Estados Unidos é o destino preferido de quem viaja com assistência

Por: Priscila Ferraz

Os Estados Unidos são o principal destino de férias de brasileiros. Segundo levantamento da Mapfre Assistance, de outubro a dezembro de 2014, cerca de 37% das pessoas que adquiriram Segurviaje, a assistência viagem da empresa, têm como destino o país norte-americano. Na sequência, aparecem Estados do Brasil e países da América Latina (Argentina e Chile).

 

Com o aumento do número de passeios nesse período, a empresa alerta para que os turistas mantenham a atenção na saúde e adquiram uma assistência viagem para o caso de qualquer eventualidade. Nos Estados Unidos, dados da Mapfre Assistance revelam que as principais ocorrências são problemas médicos representados por enfermidades, como gastroenterites devido às alterações na quantidade e na qualidade dos alimentos ingeridos, e traumatismos, que são muito comuns nos parques temáticos e entre aqueles que se aventuram nos esportes radicais e nas estações de esqui.

 

“Ninguém espera passar por esse tipo de problema durante as férias, mas é essencial estar protegido, pois buscar um atendimento médico no exterior pode custar muito caro”, afirmou o gerente de marketing e produtos da Mapfre Assistance, João Ayres. “Adquirir um certificado de assistência em viagem é fundamental, pois se evitam as despesas relacionadas à assistência médica, já que o atendimento é fornecido pela rede hospitalar credenciada da companhia”, completou.

 

De acordo com o diretor-técnico médico do Segurviaje, José Geraldo Barbosa Junior, uma forma de evitar situações que podem comprometer a diversão é, por exemplo, fazer uma avaliação médica antes de viajar. “Considerando que grande parte das solicitações de assistência em viagens é relacionada a alterações súbitas de saúde ou até urgências médicas, fazendo uma avaliação médica antes da viagem pode-se obter informações de como prevenir as doenças e os traumatismos no local que vai visitar e até mesmo evitar o agravamento de alguma doença que possua”, explicou o médico.

 

 

PF

Deixe uma resposta